Após ano de crise, TV aberta espera aumentar faturamento com Olimpíada no Rio

Logo-Rio-2016
Emissoras esperam faturamento 5% maior com os jogos olímpicos no Rio

Após um ano de retração no mercado, as emissoras de TV aberta esperam virar o jogo em 2016. A aposta maior está na Olimpíada no Rio  e se vislumbra um crescimento em torno de 5%. Globo, Record e Band irão transmitir as competições no Brasil.

Segundo fontes ligadas ao mercado publicitário, em 2015 os investimentos de anunciantes neste segmento caíram cerca de 10% em relação ao ano anterior. A maior fatia foi perdida por causa do corte de 40% nas receitas vindas do Governo Federal, que costuma ser o principal gerador de faturamento com anúncios na televisão.

Os jogos olímpicos também são motivo de esperança no aumento das publicidades para a mídia norte-americana, que, juntamente com as eleições dos Estados Unidos, devem render alta de 9,5%.

Em estudo realizado pela ZenithOptimedia, que faz previsões de investimentos em marketing global, revelou que a área de internet móvel será a que mais receberá rendimentos no novo ano com um crescimento de 38%, cerca de US$ 71 bilhões, e responsável por 12,4% do espaço publicitário no mundo todo. Enquanto isso, os jornais ficarão com 11,9%.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.