19:53 :: 26/04/2017
Publicidade

Atacadas por seguidores, Bruna Marquezine, Tatá Werneck e Fernanda Vasconcellos saem em defesa de campanha contra assédio

Duh Secco 17:30 :: 06/04/2017

Tatá Werneck rebateu seguidor, assim como colegas Bruna Marquezine e Fernanda Vasconcellos.
Tatá Werneck rebateu seguidor, assim como colegas Bruna Marquezine e Fernanda Vasconcellos

Engajadas no manifesto “mexeu com uma, mexeu com todas”, difundido por funcionárias da Globo em decorrência da denúncia da figurinista Su Tonani acerca do assédio sexual que sofreu do ator José Mayer, Bruna Marquezine, Fernanda Vasconcellos e Tatá Werneck se indispuseram com seguidores que tentaram “diminuir” a campanha, com comentários depreciativos nas redes sociais das respectivas atrizes.

Ao publicar uma imagem com os dizeres do manifesto – “Mexeu com uma, mexeu com todas #ChegaDeAssédio” –, Bruna recebeu como resposta de uma seguidora: “E contra a corrupção e o governo ladrão, cadê a camisa?”. O revide da atriz não tardou: “Por que você não faz?”. A resposta, claro, causou entre os demais seguidores.

Fernanda também foi sucinta; porém, mais direta. Por também ter compartilhado a imagem que definiu a campanha (e que foi estampada em camisetas utilizadas por atrizes e demais funcionárias da Globo), a atriz foi alvo de um comentário raivoso: “Mais uma trouxa com essa propaganda idiota”; pouco depois, Vasconcellos rebatou: “Vejo aqui apenas um único trouxa: VOCÊ!”.

Tatá Werneck, por sua vez, foi mais além ao rebater um seguidor que disse não são só as mulheres que sofrem assédio e que muitas destroem relacionamentos. “Compartilhe e aprenda com esse dia histórico. E antes de mais nada SE ESCUTE. Seu problema no casamento nada tem a ver com os abusos que sofremos e que, por vergonha, medo, por anos nos calamos”, sentenciou a atriz.


WordPress Lightbox