00:32 :: 27/04/2017
Publicidade

Band ataca Simba e defende operadoras; SBT rebate

Duh Secco 10:45 :: 08/04/2017

Matéria do “Jornal da Band” repercutiu guerra de SBT, RedeTV! e Record contra operadoras de TV paga.
Matéria do “Jornal da Band” repercutiu guerra de SBT, RedeTV! e Record contra operadoras de TV paga

Se você estava assistindo ao “Jornal da Band” na sexta-feira (7) certamente deve ter se surpreendido com uma matéria do jornalista Sandro Barbosa acerca da guerra envolvendo a Simba (joint-venture formada por SBT, RedeTV! e Record) e as operadoras de TV paga. A Band dedicou dois minutos ao assunto – que vinha sendo acompanhado de longe por ela e pela Globo – em seu principal telejornal.

A reportagem indagou populares na rua com a seguinte questão: “E o telespectador? Será que ele estaria disposto a pagar por algo que ele tem garantido por lei e de graça?”. A matéria ainda enfatizou, em vários momentos, o valor inicialmente cobrado pela Simba, R$ 15 por assinante, para permitir que as operadoras de TV fechada carreguem o sinal digital dos canais abertos. A queda de audiência das três redes na Grande São Paulo, após o desligamento do sinal analógico, também foi citada.

Procurada pelo “Jornal da Band”, a Simba não quis se pronunciar, diferentemente da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura, representada pelo presidente Oscar Simões. As operadoras de TV a cabo afirmam ter perdido quase um milhão de assinantes nos últimos dois anos, em razão da crise econômica que assola o país, e que qualquer novo custo terá de ser repassado ao consumidor.

Ainda na noite do ontem, o SBT “respondeu indiretamente” à matéria da Band, com um comunicado publicado em seu site (leia aqui). Na nota, a emissora salienta que cobrar as operadoras de TV paga pelo carregamento de seu sinal digital é procedimento legal; afirma também não querer repassar qualquer custo ao assinante. E atesta o compromisso firmado junto ao CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) de investir em produção de conteúdo e na criação de novos canais pagos.

Veja a matéria do “Jornal da Band”:

Aqui, a imagem publicada pelo SBT em defesa da Simba:


WordPress Lightbox