22:32 :: 28/04/2017

Biografia

  1. Nascimento: 10 de abril de 1959
  2. Idade: 57 anos
  3. Profissão: Apresentador
  4. Signo: Áries
  5. País: Brasil
  6. Cidade: São Paulo

Antônio Augusto de Moraes Liberato conseguiu seu primeiro trabalho na TV após escrever cartas para Silvio Santos sugerindo programas. Começou como assistente de produção do programa “Domingo no Parque”. Ele chegou a iniciar um curso de Odontologia, na cidade de Marília/SP, porém desistiu.

Um dos primeiros programas dele foi a versão paulista da “Sessão Premiada”, em 1981. Em 82, assumiu o comando do “Viva a Noite” nas noites de sábado. Depois disso, ele não parou mais: comandou os programas “Cidade Contra Cidade” (1988-1989), “Passa ou Repassa” (1988-1994), “Roletrando” (1988-1989), “TV Animal” (1989-1994) e “Sabadão Sertanejo” (1991-1996).

Entretanto, a consagração na televisão veio com o “Domingo Legal”, em 1993. O formato da atração era baseado em apresentações musicais e brincadeiras no palco com artistas. Criou os quadros “Táxi do Gugu”, “Gugu na Minha Casa”, “Sentindo na Pele” e ainda comandou a disputa entre artistas “Eles x Elas”.

Rapidamente atingiu a liderança de audiência, ficando entre os programas mais assistidos do SBT. Entretanto, a pressão por audiência também fez com que o programa apelasse para quadros de conotação sexual, como a “Banheira do Gugu”, e matérias jornalísticas de apelo popular.

Foi em uma dessas reportagens, inclusive, que o apresentador se envolveu em um grande escândalo: ele exibiu uma falsa entrevista com integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). Atores foram convocados para fazer ameaças contra apresentadores de TV e autoridades. O programa chegou a ser multado e retirado do ar por algumas semanas como punição.

Migrou para a RecordTV em 2009, onde comandou o “Programa do Gugu”, que tinha formato semelhante ao do “Domingo Legal”. Ele recebeu uma proposta salarial irrecusável de R$ 3 milhões para assinar com a emissora de Edir Macedo. A atração durou até 2013.

Gugu ficou fora do ar durante quase dois anos, retornando para a Record em 2015, deixando os domingos e assumindo uma atração com seu nome nas noites de terças, quartas e sextas. A reestreia na TV também gerou grande polêmica por conta da entrevista com a presidiária Suzane Von Richthofen, acusada de assassinar os próprios pais.

Ao longo da carreira acumulou um patrimônio estimado em 400 milhões de dólares (cerca de 2 bilhões de reais). Ele também atuou em filmes e lançou diversos CDs e LPs. A canção “Pintinho Amarelinho” chegou a figurar entre as mais executadas do Brasil na voz do paulista.

O apresentador sempre teve uma vida pessoal reservada. Ele é casado com a médica Rose Miriam di Matteo, com quem tem três filhos: João Augusto, de 13 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 11 anos.

WordPress Lightbox