23:35 :: 03/12/2016

chapecoense-verde

Na noite deste sábado (3), Santa Catarina não assistirá ao “Zorra”.

Na noite deste sábado (3), Santa Catarina não assistirá ao “Zorra”. Na faixa destinada ao humorístico, a emissora local, que ainda se apresenta como RBS TV, exibirá um especial em homenagem as vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense. Cinco jornalistas do grupo estão entre os mortos.

O anúncio foi feito durante a edição do “RBS Notícias” pelo apresentador Fabian Londero. Ao longo do dia, a Globo já derrubou a programação da manhã e início da tarde.

“É de Casa” entrou no ar mais cedo, às 7h45, mas, pouco depois das 9h, o jornalismo já havia assumido a cobertura em definitivo. Todos os programas que viriam em sequência também foram cancelados. A grade só voltou ao normal às 15h,  com o “Estrelas”, de Angélica.

Tantas vezes criticado nas redes sociais, Galvão Bueno foi irretocável. No final da transmissão, concedeu um depoimento emocionado. Neste domingo, a fatalidade com a Chapecoense ainda ecoa na programação da Globo. O “Esporte Espetacular” vai relembrar as conquistas do time dentro de campo e o Fantástico preparou reportagens especiais.

Vale lembrar que, em função do desastre, a rodada derradeira do Brasileirão foi adiada para domingo, 11, obrigando o canal a adiar a estreia de “A Cara do Pai” e a inverter a final da “Dança dos Famosos” e o “Melhores do Ano” no Faustão.


Foto: Divulgação

Datena é o apresentador do “Brasil Urgente”, da Band

José Luiz Datena foi da irritação até a emoção durante edições do “Brasil Urgente” desta semana. A atração vespertina da Band cobriu todos os desdobramentos do acidente de avião na Colômbia, que acabou matando jornalistas e a delegação da Chapecoense.

Nesta sexta-feira (2), o jornalista deu uma bronca daquelas e acusou a equipe de fazer sensacionalismo barato com o acidente. Ele não gostou de ser interrompido por algum membro da produção via ponto eletrônico querendo informar sobre a audiência do programa.

“Não estou aqui por causa de audiência, se vocês quiserem um cara por causa de audiência, botam outro cara aqui”, berrou. “Não vamos fazer sensacionalismo barato aqui, não. Se for para me interferir para passar informação, pode interferir, agora se for para passar audiência, nem precisa falar comigo mais”, completou.

Já neste sábado (3), Datenão se emocionou diversas vezes ao narrar o velório dos jogadores, realizado na Arena Condá, em Chapecó (SC). Em uma entrevista com Muricy Ramalho, com os olhos marejados, ele disse que o ex-treinador é uma das poucas pessoas que ele gosta e ainda mandou um recado para o colega Faustão, da TV Globo.

“Faustão conseguiu sucesso não é só porque ele é o Faustão. Ele não perdeu a humildade, ele reúne todos os amigos sempre. Esse fim de ano ele vai reunir todos os amigos. O Faustão é que tá certo”, disse Datena, que dividiu diversas transmissões esportivas com o amigo no passado.


Foto: Reprodução/Twitter @BotafogoOficial

O Botafogo recebeu o velório de Guilherme Marques, Guilherme Van der Laars e Ary Júnior, da TV Globo, vítimas de tragédia na Colômbia

A TV Globo fretou um avião para trazer de volta ao Brasil os três jornalistas mortos no acidente do avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia na última semana. Eles deixaram o país na noite desta sexta-feira (2) e chegaram em território nacional com cerca de uma hora de atraso.

Os corpos do repórter Guilherme Marques, do produtor Guilherme Van Der Laars e do repórter cinematográfico Ari Júnior chegaram à sede do Botafogo por volta das 13h. Depois da cerimônia compartilhada, as vítimas receberam homenagens individuais de seus familiares.

Segundo informações da emissora carioca, Marques e Lars eram torcedores do Bota e darão nome a duas cabines de imprensa do Estádio Nilton Santos, o Engenhão. Ari Júnior, goiano, era torcedor do Goiás. Os três viajavam para Medellín para cobrir o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, entre Chapecoense e Atlético Nacional

Os profissionais do canal Fox Sports também foram velados no Rio de Janeiro. O repórter Victorino Chermont recebeu homenagens na sede do Clube de Regatas do Flamengo. O jornalista Paulo Julio Clement foi homenageado nas dependências do Fluminense Futebol Clube. O repórter cinematográfico Rodrigo Santana também recebeu homenagens na capital carioca, em não revelado.

Também foram realizadas homenagens em São Paulo. O narrador Deva Pascovicci e o coordenador de externa Lilácio Júnior foram velados na Assembleia Legislativa de São Paulo. Já o corpo do comentarista e ex-jogador Mário Sérgio foi de Guarulhos para Itapecerica da Serra. O velório será fechado para amigos e familiares.


Foto: Reprodução/RecordTV/Twitter @jeffsantostv

Adriana Araújo e Reinaldo Gottino participaram da transmissão do velório do trágico acidente da Chapecoense

Assim como a Globo e outras TVs, Record também fez uma longa transmissão do velório das vítimas do trágico acidente de avião que matou a delegação da Chapecoense. A emissora escalou Adriana Araújo para comandar os trabalhos ao longo deste sábado (5).

Ainda foram feitas alterações no pacote gráfico do canal de Edir Macedo. A principal delas foi a mudança no logotipo, que foi colorido de verde, cor tradicional do clube de futebol natural de Chapecó (SC). A marca, aliás, foi modificada e relançada na cor cinza na semana passada.

A Record também mudou toda a sua programação matinal para dar espaço para o sinal gerado da Arena Condá, no interior de Santa Catarina. As emissoras afiliadas foram avisadas que deveriam derrubar seus programas locais para dar espaço à cobertura da homenagem.

O apresentador Reinaldo Gottino, comandante da edição vespertina do “Balanço Geral SP”, foi enviado para acompanhar a homenagem in loco direto do estádio e fez entradas ao vivo durante a transmissão.


Foto: Reprodução/TV Globo

Cid Moreira narrou trechos da Bíblia em estádio durante velório das vítimas da Chapecoense

Cid Moreira fez uma raríssima aparição pública na manhã deste sábado (3), durante a homenagem aos jogadores da Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó. O ex-âncora da TV Globo, consagrado por comandar por quase três décadas o “Jornal Nacional”, emocionou milhares de pessoas ao ler passagens da Bíblia.

Aos 89 anos de idade, o apresentador leu diversos salmos e versículos, entre eles I Coríntios 13. “Permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”, disse, sendo ovacionado pela multidão.

Mesmo aposentado, o paulista ainda mantém um contrato de exclusividade com a emissora carioca e em 2019 completa 50 anos como funcionário da casa. Ele possui um estúdio exclusivo em casa, onde grava diversas narrações, tanto para a Globo, como também para outros produtos audiovisuais.

Vale lembrar que a Globo também fez uma transmissão ao vivo do velório durante mais de 7 horas ininterruptas. O narrador Galvão Bueno comandou os trabalhos e se emocionou diversas vezes com as homenagens.

Assista abaixo ao vídeo:


Rayanne Morais, confirmada no elenco de “Belaventura”

Embora aparente organização, a teledramaturgia da Record está padecendo para dar conta do cronograma estabelecido para 2017. Segundo informações obtidas pelo RD1, “Belaventura” deverá entrar no ar apenas em junho – o atraso implicará no aumento da duração da reprise de “A Escrava Isaura”, que deveria ficar no ar apenas entre janeiro e março.

O atraso atingiria também “O Rico e o Lázaro”, cuja pré-produção teve início recentemente – a estreia segue prevista para fevereiro de 2017. Com isso, a Record estaria editando os capítulos de “Escrava Mãe” e “A Terra Prometida”. Diluindo o tempo de arte dos folhetins, a emissora ganha tempo e auxilia a Casablanca, que não teria estrutura suficiente para gravar três novelas (a atual trama bíblica, sua substituta e a próxima das 19h30) ao mesmo tempo.

A produtora, que hoje responde pelos estúdios do RecNov, estaria planejando dar o pontapé inicial em “Belaventura” após o término de “A Terra Prometida”, cujas gravações devem se encerrar na semana do Natal.

Escrita por Paula Richard, “O Rico e o Lázaro” terá à frente de seu elenco Milena Toscano, Igor Rickli e Dudu Azevedo. Trata-se de uma adaptação da parábola do leproso e do rico, presente no evangelho de São Lucas.

Já “Belaventura” é de autoria de Gustavo Reiz, também responsável por “Escrava Mãe”. Ambientada no período medieval, terá Rayanne Morais, Eri Johnson, Esther Góes, Floriano Peixoto e Helena Fernandes, dentre outros.


GloboNews investirá em telejornal matinal para frear concorrente

Não foi uma decisão tomada apenas por conta do êxito do “Hora Um”, telejornal matinal que a Globo lançou dois anos atrás, às 5h, intentando angariar a audiência de quem pula cedo da cama. O novo jornal da GloboNews, previsto para o horário das 6h, nasce com a missão de tomar alguns pontinhos do Jornal BandNews 1ª Edição.

Segundo informações do jornalista Daniel Castro, do site “Notícias da TV”, a nova atração do canal de notícias da Globosat deve mirar no jornalismo de serviço. Com exibição das 6h às 7h, o novo jornal, apresentado por Aline Midlej, irá concorrer diretamente com o primeiro informativo ao vivo da BandNews TV.

O canal de notícias da família Saad vem ampliando sua plateia neste ano, com audiência 30% superior a de 2015. Os melhores índices são registrados no horário da manhã – é neste período que a BandNews TV chega ao 22º lugar na TV paga, apenas sete posições atrás da GloboNews (15º).

Com a estreia do novo telejornal, a GloboNews se equipara à concorrente, abrindo mão de uma programação “fria”, com atrações gravadas. Foi com o noticiário ao vivo que a BandNews TV elevou seus números. O canal também se deu bem ao compartilhar estrutura com a Band – algo que a GloboNews e a Globo também vem fazendo com mais constância.

O interesse pela notícia, neste 2016 com acontecimentos relevantes para a história do país, e a participação de colunistas, como Ricardo Boechat, Mônica Bergamo e José Simão, também contribuíram para a elevação da audiência.


Otávio Mesquita vai apresentar o "Operação Mesquita" a partir de março de 2017

Otávio Mesquita vai apresentar o “Operação Mesquita” a partir de março de 2017

Silvio Santos decidiu que a nova programação do SBT vai entrar apenas em março de 2017, após o carnaval. As principais modificações devem acontecer na grade do fim de semana.

No sábado, dia 4 de março, o canal fará a estreia de um novo programa para Celso Portiolli, na faixa que atualmente é ocupada por Raul Gil – que vai deixar da empresa -, e do reality “Fábrica de Casamentos”, com Chris Flores e Carlos Bertolazzi.

Antes prevista para ser lançada em janeiro, a nova atração de Otávio Mesquita será levada ao ar também a partir desta data. Segundo o colunista Fernando Oliveira, do jornal “Agora São Paulo”, o programa teve seu título alterado e passará a ser chamado de “Operação Mesquita”.

Outrora intitulado “Mesquita no Controle”, o semanal vai contar com um caminhão com sofás em sua traseira, levando convidados famosos a vários lugares da cidade, enquanto conversam com o comunicador.