“O Apocalipse”: Record cogita fazer novela bíblica contemporânea

viviandeoliveira
Vivian de Oliveira, autora de “O Apocalipse”, a nova novela da Record

A trama que marcará o retorno de Vivian de Oliveira, consagrada após “Os Dez Mandamentos”, à tela da Record deve trazer novos ares para o filão bíblico explorado pela emissora desde “A História de Ester” (2010), da mesma autora.

Segundo Patrícia Kogut, o canal planeja transferir a passagem do Livro Sagrado conhecida como Apocalipse para os dias de hoje. Com isso, a Record pretende evitar a repetição de cenários e figurinos, que dão ao telespectador a sensação de estar assistindo sempre à mesma novela.

Contemporânea, “O Apocalipse” – que vai substituir “O Rico e o Lázaro”, de Paula Richard, cuja estreia está prevista para fevereiro de 2017 – provavelmente contará com efeitos especiais, como os empregados nas cenas de batalha nas ruas de São Paulo em “Os Mutantes”, novela da qual Vivian foi colaboradora.

Vivian de Oliveira estreou na Record em 1997 com a minissérie policial “Por Amor e Ódio”. Colaborou em outros projetos, até investir fortemente no filão bíblico, exitoso em minisséries como “Rei Davi” e “José do Egito” e na novela “Os Dez Mandamentos”.

Vale lembrar que a autora já desenvolveu uma trama de cunho religioso ambientada na atualidade: “Alma de Pedra”, de 1998, centrada nos conflitos de um rapaz perturbado que se converte à Igreja Universal do Reino de Deus, mantenedora da Record.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.