19:25 :: 25/03/2017
Publicidade

Série “Carcereiros”, da Globo, ficará para 2018; lançamento será em Cannes no próximo mês

Fábio Almeida 19:30 :: 14/03/2017
Publicidade


Rodrigo Lombardi é o protagonista de "Carcereiros" e principal motivo pelo adiamento da estreia da série
Rodrigo Lombardi é o protagonista de “Carcereiros” e principal motivo pelo adiamento da estreia da série

A Globo decidiu que “Carcereiros” ficará mesmo para a programação de 2018. No entanto, já no próximo mês, a série será lançada mundialmente na MIPTV, feira que reúne o mercado televisivo, em Cannes.

Protagonizada por Rodrigo Lombardi, a produção será adiada, principalmente, pelo fato de o ator estar no elenco de “A Força do Querer”, nova novela das 21h da Globo. Com isso, o seriado não poderá ser exibido enquanto a trama de Glória Perez estiver no ar.

“Carcereiros” será a única obra latino-americana que faz parte dos 12 trabalhos escolhidos para exibição exclusiva no evento internacional, que será realizado no dia 2 de abril.

A série apresenta os dilemas e conflitos vividos por agentes penitenciários no Brasil. Livremente inspirada no livro homônimo de Dráuzio Varela, ela conta a história de Adriano (Rodrigo Lombardi), carcereiro que vive as dificuldades de vidas encarceradas: a dele e a dos presos.

Também estão no elenco nomes como Mariana Nunes, Giovanna Ríspoli e Othon Bastos. Sob a direção de gênero de Guel Arraes, a produção tem direção geral de José Eduardo Belmonte, texto de Marçal Aquino, Fernando Bonassi e Dennison Ramalho.


O RD1 coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Você também pode nos ajudar a moderar comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão: para isso, basta clicar no ícone indicado para reprovação que existe ao lado de cada comentário – com 3 “negativos” esse comentário é excluído automaticamente.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.