Agência de notícias “inocenta” a Globo no caso das imagens piratas do Pan

A polêmica envolvendo o uso de imagens dos Jogos Pan-Americanos pela Globo continua rendendo. A Record, detentora da exclusividade do evento aqui no Brasil, acusa a rival de desrespeitar as leis de direitos de imagens.

Após reconhecer o erro, a Globo informa que tem dois documentos que provam que ela seguiu as recomendaçõeas da agência de notícias APTN (Associated Press Television News), da qual solicitou o material e é cliente. 

De acordo com o UOL Esporte, os documentos mostram que as imagens do Pan recebidas pela Globo da APTN não estabeleciam restrições de uso por emissoras no Brasil. A agência teria, ainda, se desculpado com a emissora carioca pelo erro.

O que chama a atenção é que enquanto acusa a Globo de desrespeitá-la, a Record age de forma parecida ao usar o conteúdo do UOL sem dar os devidos créditos. E o pior, o canal de Edir Macedo suprimiu a logomarca do portal em uma de suas reportagens.

CONTINUE LENDO →

João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com