Aguinaldo Silva defende José Mayer: “Não deve ser sacrificado”

Aguinaldo Silva ainda espera contar com José Mayer em nova novela

Aguinaldo Silva voltou a defender José Mayer após o escândalo de assédio sexual que o galã se envolveu. Às voltas com sua próxima novela na Globo, “O Sétimo Guardião”, o autor comentou a proibição do ator no elenco da produção.

“Eu tenho uma amizade muito grande com ele e tenho uma admiração pelo ator que ele é. Então, eu acho que nessa situação infeliz que aconteceu, e que não foi muito bem explicada até agora, temos que pensar nisso: se o Zé errou, errou, mas o ator José Mayer não deve ser sacrificado por causa disso”, disse em entrevista ao “TV Fama”, nesta quarta-feira (11).

Apesar de estar suspenso por tempo indeterminado na Globo, Silva ainda espera poder contar com Mayer na novela: “Espero sinceramente poder trabalhar com ele. Espero não, rezo. Porque o Zé é um ator imprescindível”.

Aguinaldo ainda considerou duvidosas as acusações contra o galã. “Não consigo deixar de ser solidário com o Zé numa situação dessas. Eu acho que foi uma coisa meio… não sei. Depois que você faz uma acusação dessas, a sua obrigação é denunciar e levar até o fim”, criticou.

CONTINUE LENDO →

Henrique Brinco é baiano, formado em Comunicação Social pela Unijorge, de Salvador. Atua no jornalismo desde 2008, passando pelas editorias de política, cidades, cultura e entretenimento em diversos portais de notícias, locais e nacionais. Foi por cerca de dois anos editor-chefe do site Varela Notícias, de Raimundo Varela, apresentador da Record Itapoan. Já foi colunista do RD1 anteriormente, por seis anos. Atualmente é repórter de política do jornal Tribuna da Bahia e do site BNews.

ALERTAS GRATUITOS