Além da Record, emissoras temem estrago que “Carrossel” pode provocar

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Não é só a Record que está preocupada com “Carrossel”, prevista para o dia 16 de janeiro, na faixa das 20h15. Há outras emissoras que estão apreensivas com a estreia do remake. O temor maior é de que a novelinha faça o mesmo estrago de 1991.

Para quem não lembra, naquele ano, após o fiasco de “Brasileiros e Brasileiras”, Silvio Santos resolveu exibir a trama mexicana. O efeito foi devastador. Todas as concorrentes, sem exceção, sentiram na pele a força da Professorinha Helena e companhia bela.

De autoria de Íris Abravanel e direção de Reynaldo Boury, “Carrossel” revitalizará o horário das oito para novelas na emissora. A última experiência, bem-sucedida, diga-se de passagem, ocorreu em 2010, com o remake de “Uma Rosa com Amor”.

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›