“Além do Horizonte” demonstra ter potencial, apesar do elenco fraco

lili_01__1
Juliana Paiva como Lili

“Além do Horizonte”, nova novela da Globo, não é uma novela comum. É mais um tiro no escuro promovido pela emissora carioca, que novamente tenta apostar num folhetim diferente para a faixa. Só por isso já cabe reconhecimento, afinal, variar o ‘arroz com feijão’ de vez em quando é essencial e “Cheias de Charme” está aí pra provar que, quando a novela é boa, o público embarca.

A produção realmente não teve uma boa estreia. No primeiro capítulo, salvou a bela abertura e o pequeno Nilson (JP Rufino), que a coluna já considera um achado. Fora isso, a gritante falta de talento de boa parte do elenco, a começar por Thiago Rodrigues que, novela vai, novela vem, continua com a mesma cara de sempre – podia tirar a barba pelo menos, pra variar.

O ator teve o auge da carreira ao lado de Fernanda Vasconcelos e, naquele período, em “Páginas da Vida”, ela já demonstrava ter mais preparo que ele. Ocorre que, hoje, Fernanda é uma atriz madura, enquanto Rodrigues, não demonstrou nenhuma evolução. Além dele, Alexandre Borges, Rodrigo Simas e Vinícius Tardio deixam a desejar. Yanna Lavigne, no entanto, enche a tela, tal qual JP.

Também pesa em favor da produção exatamente seu lado ‘sobrenatural’: até aqui a história chama atenção, apesar de ainda não demonstrar isso no quesito audiência. Pouca coisa foi mostrada sobre essa procura pela ‘felicidade’, entretanto, ao menos nesta primeira semana é possível dizer que a Globo tem um produto interessante em mãos.

A evolução da história vai ter peso essencial no resultado junto ao telespectador, lá na frente. Se “Além do Horizonte” agradar, vai fazer barulho nas redes sociais e, quem sabe, pode fazer sucesso. O problema, e é bom dizer isso, é que a produção recebe em baixa de “Joia Rara”, estamos no horário de verão e, pra ajudar, a faixa das 19h está em queda desde “Guerra dos Sexos”.

Marcos Bernstein e Carlos Gregório vão ter que mostrar serviço pra recuperar o público do horário.

[poll id=”284″]

_____________________________________________

Endrigo Annyston é editor-chefe do RD1. Jornalista desde 2006, escreve sobre TV há treze anos, tendo passado por alguns dos mais importantes sites do segmento. Ele é também autor do blog Cena Aberta (clique aqui e visite), um dos pioneiros em blogagem no país.

_____________________________________________

Álvaro Penerotti

Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.

WordPress Lightbox