Ana Hickmann participou da última edição do programa "Gugu" de 2016.
Ana Hickmann participou da última edição do programa “Gugu” de 2016.

Ana Hickmann ainda lida com o trauma de quase ter morrido após sofrer um atentado de um fã em 2016, dentro de um hotel em Belo Horizonte. A apresentadora desabafou sobre o assunto em entrevista ao programa “Gugu” nesta semana.

“2016 foi o ano em que eu descobri que Deus realmente gosta de mim, em que ele me deu uma segunda chance pra ficar aqui”, disse para Gugu Liberato. “Eu tive que passar pela maior provação da minha vida, maior medo, maior sufoco, maior terror, mas ao mesmo tempo foi o ano em que eu descobri que eu tenho a coisa mais linda do mundo que é a minha família”.

A âncora do “Hoje Em Dia”, da Record, contou que ainda sofre com os efeitos psicológicos do crime: “Medo é uma das coisas que ainda de vez em quando bate, porque quando voltam certos flashes na cabeça, situações, palavras, fisionomias de pessoas… Isso mexe, me faz tremer um pouco, mas eu paro, respiro, concentro e sigo”.

Ainda no papo, a loira voltou a afirmar que ainda tem o desejo de ser mãe novamente: “Vontade é o que não falta. A gente até tinha, tempos atrás, comentado: ‘Será que 2017 seria um bom ano?'”.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos