Antonia Fontenelle diz que Bolsonaro não está fazendo nada e solta o verbo

Antonia Fontenelle opina sobre Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Antonia Fontenelle continua polemizando com as suas declarações controversas e, em uma das mais recentes, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não está fazendo nada no poder.

Segundo ela, que é sua apoiadora, em entrevista ao Pânico da Jovem Pan, ele não tem o que fazer com em relação à pandemia do novo coronavírus: “O presidente não pode fazer nada”.

“Eu e todos vocês possuem mais poder que o presidente. Ele tá aceitando ficar engessado pra poder continuar na cadeira. O que adianta tá na cadeira se não é ele quem manda?”, questionou.

“Quem manda são os acordos, é o centrão, é o STF. Cadê esse Ministro da Justiça? O que ele tá fazendo? No início, eu lembro o Bolsonaro cobrando do Moro uma posição sobre isso”, disparou.

“Mas agora não vejo ele cobrando isso do novo Ministro, que eu não vejo fazendo nada. Isso tem que acabar. Hoje, eu continuo votando nele, porque é o que tem de menos pior nisso aí”, prosseguiu.

“Eu vou votar em Ciro Gomes, que ontem fez m****? Vou votar no Dória? Joice Hasselmann? Luciano Huck? Alexandre Frota? Na Marina Silva, que só aparece a cada quatro anos?”, questionou.

“Vou votar nesse cara [Jair Bolsonaro], que só toma porrada”, completou.

Vale lembrar que, dias atrás, ela compartilhou uma informação sobre o ataque do “capitão” contra governadores e prefeitos que impuseram toque de recolher e restrições para conter o avanço da pandemia.

“Ai sim! Estava na hora, Bolsonaro!”, escreveu a artista no Twitter. No post, uma imagem com informações fornecidas pela deputadas federal Bia Kicis sobre Bolsonaro “restabelecer a ordem no Brasil”.

No texto, Bia divulgou que o próprio presidente afirmou durante sua live semanal que “o governo federal acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) contra as restrições impostas por prefeitos e governadores em meio ao agravamento da pandemia no país”.

No início do ano, Antonia e Bolsonaro mostraram a relação de amizade. Em janeiro, ele disse que era perseguido pela Globo e, em contra-ataque, compartilhou um vídeo da loira, que criou teorias para uma suposta crise financeira vivida pelo canal da família Marinho.

“Quem ganhava R$ 50 mil, hoje ganha R$ 15 mil. Tá todo mundo sem emprego, trabalhando por obra, as novelas não fazem sucesso. A Globo não paga sequer hotel para as pessoas que vêm de fora, manda os capítulos pelo WhatsApp, se quiser imprime, se não quiser, fod*-se, decora ali mesmo”.

“A fonte secou!”, disse ela se referindo à falta de dinheiro do governo para o canal carioca. “A galera está desesperada e quer tirar o Bolsonaro de qualquer jeito, entendeu?”, completou. Foi com base nessas informações que o pai do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) soltou críticas contra a TV.

“Porque a Rede Globo persegue tanto a mim e minha família. Antonia Fontenelle foi casada com um diretor da Globo, ou seja, fala com propriedade”, argumentou ele. “Tudo o que fiz foi evitar o desperdício de dinheiro público, em respeito ao povo brasileiro”, defendeu o político.

Confira:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›