Ângela Leal em “Dona Xepa”, seu último trabalho na Record

Ângela Leal deixou a Record após quase dez anos de casa. E já acertou seu retorno à Globo, onde iniciou sua carreira televisiva. Segundo a jornalista Patrícia Kogut, a atriz está escalada para a série “Sob Pressão”, spin-off do filme de mesmo nome, dirigido por Andrucha Waddington, que estreia no segundo semestre.

Trata-se de uma drama sobre a rotina da equipe do centro cirúrgico de um hospital público do Rio de Janeiro; à frente do elenco, estarão Marjorie Estiano, Júlio Andrade e Stepan Nercessian. “Sob Pressão” difere dos filmes convertidos em série, como “Aldo – Mais Forte Que o Mundo”; é tida quase que como uma sequência do longa-metragem, com novas histórias, personagens e cenas.

Ainda não há detalhes sobre o tipo a ser interpretado por Ângela na série, coprodução da Globo com a Conspiração. A mãe da também atriz Leandra Leal deve entrar em estúdio dia 10 de abril, quando as gravações terão início. Será sua primeira investida televisiva desde “Dona Xepa” (2013), em que viveu a protagonista, uma feirante simplória rechaçada pelos filhos arrivistas.

Na Globo, o último trabalho de Ângela Leal (até “Sob Pressão”) havia sido uma pequena participação em “Sete Pecados” (2007). A atriz estreou na emissora em 1970, com “Irmãos Coragem”, de Janete Clair. Foi parceira de Gilberto Braga em “Escrava Isaura”, “Dona Xepa” e “Água Viva”. Nos anos 80 e 90, transitou entre Globo, Record e Manchete, onde viveu a icônica Maria Bruaca, de “Pantanal”.


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!