Bolsonaro
Eleitores de Bolsonaro criaram campanhas contra a Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

A guerra entre Jair Bolsonaro e a Globo continuou após a edição de ontem do “Jornal Nacional”. O telejornal dedicou quase 30 minutos ao vazamento dos áudios entre o ex-ministro Gustavo Bebianno e o presidente da República. Agora, fãs do político promoveram duas campanhas contra a emissora carioca.

As campanhas #EuSouInimigodaGlobo e #GloboInimigadoBrasil começaram após o canal responder a Bolsonaro ao afirmar que “não tem nem cultiva inimigos”.

Em um dos áudios vazados, Bolsonaro afirmou que não era para Bebianno convidar o representante da Globo, Paulo Tonet Camargo, para o Palácio do Planalto porque era como “trazer o inimigo para dentro de casa”.

No Twitter, bolsonaristas saíram em defesa do presidente e detonaram a Globo. “Jornalismo sem imparcialidade não entra na minha casa”, avisou uma internauta. “Empresa maligna, das trevas mesmo, cínica, baixa, imoral, propaga valores contrários à família”, disparou um usuário da rede social.

Outra parte do público questionou as campanhas contra a emissora. “Quando o jornal O Globo e a TV Globo divulgaram os áudios de Temer com Joesley Batista, vocês também pensavam assim?”, questionou um perfil. “Os mesmos que subiram as tags #EuSouInimigoDaGlobo e #GloboInimigaDoBrasil são aqueles que esperavam o ‘Jornal Nacional’ para bater panela a favor do golpe”, opinou outro.

Confira a repercussão na web:

Revelado o motivo da fúria de Bolsonaro com Bebianno e tem a ver com a Globo

A mais recente crise do governo de Jair Bolsonaro envolvendo o ministro Gustavo Bebianno, Carlos Bolsonaro e o presidente teve uma de suas razões reveladas. Para a família Bolsonaro, a questão envolveu traição por parte do ministro.

De acordo com informações do jornalista Mauricio Lima, da revista Veja, o estopim se deu após a aproximação de Bebianno com a Globo.

Em um dos áudios da conversa entre Jair e Gustavo, o presidente deu uma bronca nele por ter marcado uma reunião com o vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo, Paulo Tonet Camargo, no Palácio do Planalto. “Como você coloca nossos inimigos dentro de casa?”, questionou o político.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!