Após pressão das escolas de samba, Globo volta atrás e mantém transmissão do Carnaval do RJ

Globo resolveu voltar atrás na decisão de cortar os primeiros desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio
Globo resolveu voltar atrás na decisão de cortar os primeiros desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio

Depois da Globo cogitar cortar os dois primeiros desfiles de cada dia do Carnaval do Rio de Janeiro em 2016, a emissora decidiu voltar atrás na decisão.

As agremiações pressionaram a rede da família Marinho. Há poucos dias, a Unidos da Vila Isabel divulgou um comunicado nas redes sociais em que criticou o novo formato da transmissão da folia carioca.

Com norma, a Vila Isabel, Salgueiro, Estácio de Sá e União da Ilha não teriam os seus desfiles exibidos ao vivo pela Globo. No ano passado, uma escola de cada Grupo Especial não foi ao ar em tempo real. A ideia dos diretores era evitar possíveis gafes durante a transmissão.

Com a recusa, a Platinada deve manter a mesma estrutura. A Globo confirma que “apresentou nova proposta de transmissão, mas a Liesa preferiu manter o mesmo formato do ano passado. Deixamos para discutir em conjunto as novas ideias para 2017″, afirmou em nota à coluna “Zapping”, do jornal “Agora S. Paulo”.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›