Globo resolveu voltar atrás na decisão de cortar os primeiros desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio
Globo resolveu voltar atrás na decisão de cortar os primeiros desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio

Depois da Globo cogitar cortar os dois primeiros desfiles de cada dia do Carnaval do Rio de Janeiro em 2016, a emissora decidiu voltar atrás na decisão.

As agremiações pressionaram a rede da família Marinho. Há poucos dias, a Unidos da Vila Isabel divulgou um comunicado nas redes sociais em que criticou o novo formato da transmissão da folia carioca.

Com norma, a Vila Isabel, Salgueiro, Estácio de Sá e União da Ilha não teriam os seus desfiles exibidos ao vivo pela Globo. No ano passado, uma escola de cada Grupo Especial não foi ao ar em tempo real. A ideia dos diretores era evitar possíveis gafes durante a transmissão.

Com a recusa, a Platinada deve manter a mesma estrutura. A Globo confirma que “apresentou nova proposta de transmissão, mas a Liesa preferiu manter o mesmo formato do ano passado. Deixamos para discutir em conjunto as novas ideias para 2017″, afirmou em nota à coluna “Zapping”, do jornal “Agora S. Paulo”.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!