Rodrigo Bocardi, comandante do “Bom Dia São Paulo”; telejornal terá “correspondentes locais”.
Rodrigo Bocardi, comandante do “Bom Dia São Paulo”; telejornal terá “correspondentes locais”

As novidades dos telejornais locais da Globo São Paulo não ficarão restritas ao novo layout das vinhetas, ao telão constantemente atualizado com informações do tempo e participações das redes sociais ou ao modernoso Globocop que permite entrevistas em pleno voo. Na intenção de ampliar a cobertura de tudo o que acontece na capital paulista, o canal inaugura na próxima semana duas “minirredações”.

Segundo o jornalista Flávio Ricco, o “Bom Dia São Paulo”, o “SP1” e o “SP2” terão correspondentes em Guarulhos e em São Bernardo do Campo; no caso, os repórteres Victor Bonini e Marcelo Poli, respectivamente. Além de produzir reportagens sobre os principais acontecimentos das duas regiões, Victor e Marcelo também farão entradas ao vivo nos telejornais locais.

Núcleos de produção já estão sendo montados em ambas as cidades, tal e qual aconteceu nos muitos estados e tantos países nos quais a Globo “abriu uma sucursal” de sua redação de jornalismo. Caso a experiência seja bem-sucedida, a emissora irá estende-la a outras praças – anteriormente, os planos acerca de uma “minirredação” na Avenida Paulista foram frustrados.

O “Bom Dia São Paulo”, ancorado por Rodrigo Bocardi, completou 40 anos em abril; já as duas edições do “SPTV”, comandadas por César Tralli e Carlos Tramontina, comemoram 35 anos em janeiro de 2018. Em constante movimento, os telejornais ganharam recentemente o reforço de Roberto Kovalick, que deverá cobrir as eventuais ausências dos titulares – a exemplo das jornalistas Glória Vanique, Izabella Camargo e Michelle Barros.


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!