Atriz de Nos Tempos do Imperador desabafa sobre escolha de não querer ser mãe

Nos Tempos do Imperador
Giulia Gayoso, de Nos Tempos do Imperador, contou os comentários que recebe por não querer ser mãe (Imagem: Reprodução / Instagram)

Giulia Gayoso, que interpreta a princesa Isabel em Nos Tempos do Imperador, abriu o coração e revelou que possui uma visão da maternidade bem diferente da sua personagem.

Penso exatamente o contrário. Não tenho vontade de ser mãe, mas foi extremamente importante vivenciar a questão da maternidade na novela ao lado de Daniel Torres, que interpreta o Conde d’Eu”, disse a atriz, de 23 anos, em conversa com a coluna de Heloisa Tolipan.

“Na verdade, é um sentimento intenso e difícil, que muitas mulheres de fato enfrentam: a cobrança de ser mãe. No caso da princesa Isabel era muito grande em função de se ter um herdeiro para o trono”, pontuou.

Veja Também

A artista ainda continuou: “Tenho 23 anos, sou muito jovem. Falar isso é perfeitamente normal até porque em algum momento eu posso vir a mudar de ideia. Mas não me vejo sendo mãe, de verdade. Eu sou mãe da minha cachorrinha, de filhote de quatro patas”.

“Agora, quando falo isso, a primeira reação das pessoas é: ‘Você vai mudar de ideia. Como assim não vai ser mãe? Você tem que entender que se uma mulher não tem filhos algo fica incompleto'”, recordou Giulia Gayoso, sobre os comentários machistas que recebe.

“Mulheres famosas como a Jennifer Aniston já falaram disso abertamente e foram criticadas por essa escolha, sendo vistas como vilãs. É difícil entrar nesse assunto, mas é uma conversa que devemos ter“, frisou.

Giulia Gayoso, de Nos Tempos do Imperador, fala sobre congelamento de óvulos

No papo, a famosa ainda contou que costuma receber a recomendação de congelar óvulos. “Isso pode ser uma opção para quem precisa, apesar de custar o preço de um carro. E no Brasil é grande a quantidade de pessoas sem condições financeiras para fazer isso”, pontuou.

Hoje, pra mim, não faz sentido tomar esta atitude. Se eu quiser ser mãe em algum momento, eu tenho a opção da adoção. Sempre a carrego como o maior diálogo que tenho para quando as pessoas me falam ‘se for tarde demais’. Nunca vai ser tarde demais. Sempre poderei adotar“, afirmou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›