BBB 2022: Natália usa expressão capacitista ao vivo e toma atitude

Natália usa expressão capacitista ao vivo (Imagem: Reprodução / Globo)

O Jogo da Discórdia do BBB 2022 desta segunda-feira (4) pegou fogo. Num dos momentos, Natália acabou usando uma expressão capacitista – que é o preconceito social contra pessoas com deficiência -, mas logo reconheceu a falha e se corrigiu.

Saiba tudo o que rola na casa do BBB 2022 na cobertura do RD1

A sister mencionou o termo enquanto discutia com Gustavo após apontar que o brother tem uma “atitude de centavos” na dinâmica. “A gente não é burra, a gente não é retardada, a gente é adulta, a gente tá aqui num jogo”, iniciou a designer de unhas.

“Não é retardada, perdão, isso é capacitismo. A gente não é idiota, a gente não é abestalhada pra não entender que a gente é alvo”, declarou a mineira, se corrigindo da fala polêmica.

Cabe lembrar que esta não é a primeira vez que o uso da palavra vira assunto no programa. Durante uma discussão, Douglas Silva chegou a chamar a atenção de Jessilane após a sister falar o mesmo termo citado por Natália.

“Vocês ficam me subestimando nesse sentido aí, achando que eu sou tão retardada a esse ponto”, disse a bióloga. “Olha o capacitismo“, repreendeu o ator de Cidade de Deus, na época.

“Não foi nesse intuito que eu quis dizer”, declarou Jessi. “Então, não use essa palavra”, respondeu D.G, na mesma hora.

Jogo da Discórdia tem Arthur Aguiar “desmascarado”

O Jogo da Discórdia foi cercado de discussões sobre assuntos atuais e antigos, com os participantes do BBB 2022 soltando o verbo entre eles. O deboche de Paulo André e uma atitude suspeita de Arthur Aguiar foram coisas que se destacaram na repercussão das redes sociais.

Um tuiteiro narrou a cena: “O Arthur se metendo na treta do PA com a Jessi e ela pra ele: ‘Você quer vir aqui defender, Arthur?’”. Outro acusou o marido de Maíra Cardi de ser favorecido: “Linn não teve direito a tréplica, mas Arthur tem, assim como o de interromper os outros”.

Teve quem citasse o fato de Arthur Aguiar quase sempre usar roupa branca no Jogo da Discórdia, como uma possível estratégia subliminar: “Pro personagem de vítima esse é o figurino”. Teve quem ironizasse: “Muito ‘paz e amor’ nosso pãozinho! Mico, ele foi muito bem orientado”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br