Bolsonaro desafia a Globo e quer ficar cara a cara com William Bonner

COMPARTILHE
Bolsonaro fica irado com a Globo em live no Facebook (Imagem: Reprodução / Facebook)

O presidente Jair Bolsonaro não engoliu a reportagem exibida no Jornal Nacional da última terça-feira (29), envolvendo o seu nome no caso da execução da vereadora Marielle Franco. Após surgir irado em uma “live” no Facebook direto da Arábia Saudita, o político pediu um embate cara a cara com William Bonner.

Após a exibição da matéria na Globo, Bolsonaro correu e se explicou para o Jornal da Record, mas pela repercussão avassaladora dos desdobramentos da investigação sobre a morte da vereadora, o político quer ser entrevistado pelo JN.

O presidente disse que está no aguardo de um chamado da emissora carioca para que ele fale com Bonner e Renata Vasconcellos: “Aguardo a TV Globo me convidar para o horário nobre do Jornal Nacional falar sobre o caso Marielle no conjunto onde eu moro”. A informação é do site O Antagonista.

Caso seja confirmada a entrevista, está será a segunda vez que o “capitão” ficará cara a cara com os âncoras do principal telejornal do país. Na primeira vez, William Bonner e Renata entrevistaram o então candidato à presidência da República, durante as eleições.

Minutos após a exclusiva ser exibida no jornal, o presidente Bolsonaro postou uma foto montagem, que mostra a logo da Globo como se fosse um canal de esgoto, com a seguinte legenda: “Canalhas”. Após o ataque, ele fez uma “live” de pouco mais de 20 minutos esbravejando contra a emissora.

William Bonner reclama ao vivo no Jornal Nacional

William Bonner surpreendeu o público do Jornal Nacional, nesta segunda-feira (21), com atitude inusitada. No ar, o jornalista fez uma reclamação divertida ao falar sobre as ligações de telemarketing.

A brincadeira do apresentador aconteceu após a exibição de uma reportagem sobre as pessoas que recebem ligações indevidas motivadas por cobranças que não têm a ver com elas.

“É uma pena porque eu não sou o Samuel, eu não sou o Adailton e eu não sou a Jéssica. Não, não sou!”, brincou Bonner, que também balançava a cabeça negativamente.

A companheira de bancada dele, Renata Vasconcellos, também falou sobre a situação com bom humor: “Três nomes, hein!”.

De acordo com o recente levantamento da empresa True Caller, o Brasil é o país que mais recebe ligações indesejada no mundo. No ano passado, a média foi de 37 chamadas recebidas por pessoa por mês.

Nas redes sociais, alguns internautas se identificaram com a situação do William Bonner. “O William bonner dizendo ‘eu não sou a Jéssica’ na bancada do #jornalnacional é o novo meme do milênio e eu preciso disso na minha mesa agora”, afirmou um usuário do Twitter.

“Se até William Bonner recebe ligações de cobrança pra uma tal Jéssica, quem sou eu na fila do pão, não é mesmo?”, questionou outro.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS
Deixe sua opinião!