Bruno Gissoni chama defensores de Bolsonaro e Moro de “gado e robô”

COMPARTILHE
Flamenguista declarado, Bruno Gissoni criticou clube após receber Jair Bolsonaro e Sérgio Moro para assistir jogo (Imagem: Reprodução / Instagram)

O flamenguista Bruno Gissoni não gostou de uma publicação que o seu time de coração fez no Instagram. No post, o clube carioca mostrou o presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça Sergio Moro vestindo a camisa do Mengão enquanto assistiam o jogo entre Flamengo e CSA, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, acompanhados de dirigentes da agremiação. 

O ator reprovou a atitude e deixou três comentários no perfil oficial do time, criticando a atitude do clube. “Que vergonha! Apaga! O que passa na cabeça de vocês!? Prefiro o Pará Titular para o resto da história do Flamengo”, disse Bruno em seu primeiro comentário.

Já na segunda mensagem, ele falou: “Diz que o insta foi hackeado! Nojo!”. E finalizou com um terceiro, no qual dizia: “Um comentário só não basta, vocês estão de sacanagem!”.

Após os três comentários, o ator recebeu inúmeras críticas, e mensagens ofensivas de apoiadores do presidente Bolsonaro e de seu ministro. Foi quando o global resolveu responder com o seguinte comentário. “Não se responde gado, muito menos robô”

, disparou.

Deixe sua opinião!