Os integrantes do Mamonas Assassinas; acidente aéreo pôs fim à carreira dos rapazes (Imagem: Divulgação)

Indiretamente, Carlos Lombardi está de volta à Record. O autor, cujo contrato com a emissora expirou ano passado, foi chamado para fazer ajustes na série sobre o grupo Mamonas Assassinas, ainda sem previsão de estreia.

Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, a produtora responsável pelo projeto, Total Filmes, acertou com Lombardi para as devidas correções, adequando o roteiro às locações disponíveis e às ações de merchandising.

A produção sobre o quinteto de maior sucesso da música nacional – vitimado em 1996 num acidente aéreo – agora conta com um orçamento maior, o que permitiu o resgate de tramas paralelas descartadas por Lombardi num dos tratamentos do enredo.

“Mamonas Assassinas”, a série, se arrasta há anos. Vários percalços atrapalharam o desenvolvimento da trama, de protestos de familiares dos músicos ao adiamento do repasse de verbas da Ancine, bem como a desistência da Fox, parceira da Record na exibição, e a transferência do texto da OSS Produções para a Total Filmes.

Saiba Mais:

Record adia a minissérie “Rute” para 2019

Theo Becker e Suzana Alves serão casal em “Lia”, minissérie da Record

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!