Vem Aí na Globo
Globo programou uma série de novidades para o primeiro mês de 2017

Tudo bem que os primeiros acordes de “Hoje é Um Novo Dia/De um Novo Tempo” nem começaram a tocar na TV, mas a Globo já tem a sua programação de janeiro quase que inteiramente fechada. O RD1 organiza agora as estreias promovidas pela emissora em ordem cronológica.

Antes, porém, uma breve ressalva para mencionar o fim de temporada de outros dois programas assim que 2017 chegar. Em 1º de janeiro, o “Esquenta!” se despede da telinha. Com Leandro Hassum e Mel Maia, a série “A Cara do Pai” exibe o último de seus quatro episódios nesta mesma tarde.

A luta, o horror e o encanto

Raízes 2
“Raízes”, que estreia dia 3, faz um retrato histórico da escravidão nos Estados Unidos

Na noite de terça-feira (3), após “A Lei do Amor”, o canal leva ao ar  a minissérie “Aldo”. Fazendo uso de uma estratégia recorrente, a Globo converte o filme “Mais Forte Que o Mundo – A História de José Aldo”, em minissérie de quatro capítulos. Com exibição diária, até sexta, dia 6, a produção mescla cenas do longa-metragem dirigido por Afonso Poyart, com novos conteúdos documentais sobre um dos maiores lutadores da história do MMA: José Aldo Junior, na ficção vivido por José Loreto.

Ainda no dia 3, na segunda faixa de shows, outra novidade: a estreia de “Raízes”. Baseada em livro vencedor do prêmio Pulitzer, a série faz um retrato histórico da escravidão nos Estados Unidos. A trama acompanha a linhagem de uma família escravizada, começando em meados do século 18 com o retrato do corajoso Kunta Kinte (Malachi Kirky), jovem sequestrado em Gâmbia, sua terra natal. O remake de sucesso será exibido em 08 capítulos, de terça a sexta-feira, até dia 13.

Na tarde de domingo, 8, “o Brasil vai voltar a ouvir as vozes de suas crianças”, como brada a Globo no plano comercial do “The Voice Kids”. Serão 13 semanas de muita emoção e fofura, agora na companhia de André Marques e da escritora Thalita Rebouças, que assume o cargo de repórter. O time de jurados permanece o mesmo e a final acontece em 02 de abril.

Dois irmãos e dois amigos

dois-irmaos-omar2
Para compor Omar, um dos gêmeos de “Dois Irmãos”, Cauã Reymond deixou a barba crescer

Na segunda-feira (9), a emissora tira da gaveta “Dois Irmãos”, inteiramente gravada desde 2015. Na minissérie de dez capítulos escrita por Maria Camargo, a partir da obra homônima de Milton Hatoum, os gêmeos Yaqub e Omar, interpretados por Cauã Reymond crescerão se odiando, devido à predileção da mãe, Zana (Gabriella Mustafá/Juliana Paes/Eliane Giardini) por um deles: Omar.  

A relação conturbada dos rapazes será diretamente afetada por algumas escolhas da matriarca, que os afastará cada vez mais. Diante de tanto antagonismo, os laços da família de imigrantes libaneses ficarão extremamente comprometidos. A série vai ao ar de segunda a sexta, após “A Lei do Amor”, com o desfecho programado para o dia 20.

Dia 17, em substituição à “Raízes”, na segunda linha de shows, a Globo escalou “Cidade dos Homens”, projeto que marcou época na televisão e foi indicado ao International Emmy Awards em 2005. O mote dos quatro episódios, exibidos até dia 20, é mostrar que o tempo passou, mas os problemas na comunidade continuam bem parecidos. Na nova história, escrita por George Moura e Daniel Adjafre, passado e presente se entrelaçam.

Depois de crescerem enfrentando os desafios de morar na comunidade, agora eles se tornaram adultos e têm filhos. Laranjinha luta para salvar o filho Davi (Luan Pessoa), após descobrir que ele tem uma grave doença, colocando à prova o companheirismo e parceria de Acerola, agora ao lado do filho Clayton (Carlos Eduardo Jay). A série é uma co-produção com a O2, de Fernando Meirelles.

Espiadinha, humor e sexo

Fernanda e Tiago
Fernanda Lima e Tiago Leifert comandam as noites da Globo: ele, debutando no BBB. Ela, fazendo “Amor & Sexo”

Como o RD1 antecipou em primeira mão, a décima sétima edição do “Big Brother Brasil” começa na terça, dia 24, trazendo Tiago Leifert como principal novidade. Mas a produção do reality não descarta fazer uma grande homenagem a Pedro Bial no programa de estreia. O grande vencedor, que fatura o prêmio de R$ 1,5 milhão, será conhecido em 11 de abril.

A quarta temporada de “Tá No Ar – a TV na TV” tem exibição simultânea ao “BBB”: o humorístico começa e termina nos mesmos dias em que o reality. Aclamado nas redes sociais, o programa que satiriza os bastidores do universo televisivo promete novas esquetes, quadros e personagens. No plano comercial, a Globo garante que “nada escapa das brincadeiras propostas pela atração”, que será irá ao ar somente as terças-feiras – à exceção de 28 de março, quando está previsto um cancelamento – no horário hoje ocupado por “Supermax”.

A Globo ainda não divulgou que atrações sucederão o “BBB” às quintas e sextas, mas já podemos cravar que as noites de sábado continuam quentes. Entre 28 de janeiro e 08 de abril, a emissora exibe a décima temporada de “Amor & Sexo”. Apresentada por Fernanda Lima, a atração teve seu fim decretado algumas vezes, mas, mediante os apelos do público, o canal sempre reconsiderou a decisão. O programa promete discutir temas ligados à sexualidade e relacionamentos de maneira natural e divertida.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!