“CQC” foi tirado do ar em 2015 para “ano sabático”, mas até agora não voltou ao ar

Gente, bafão! Nada passa diante dos olhos afiados dos internautas. Está circulando nas redes sociais um link de uma página do extinto “CQC – Custe o Que Custar” com vários vídeos bem picantes de pornografia gay. Que babado, hein?!

Na página, há filmes das produtoras Randy Blue e Next Door Studios, entre outros. Todos na íntegra e em alta definição (não colocaremos o link direto porque o RD1 é um site de família e queremos ir para o céu). Ninguém sabe como as gravações foram parar lá. Será que é culpa do estagiário?

Página do “CQC” exibe vídeos de pornografia gay

Até às 14h18, os filmes “quentes” ainda estavam disponíveis para quem quisesse ver. Nas páginas, também há opções de links relacionados para outros vídeos semelhantes. Quem viu, diz que o estagiário tem bom gosto… O astro Diego Sans, mundialmente conhecido na indústria, protagoniza uma das produções.

A Band ainda não se pronunciou sobre o caso. O “CQC” foi suspenso da grade da emissora em 2015, sob a justificativa de que passaria por um “ano sabático”. Entretanto, a atração não voltou em 2017. Apesar disso, rumores dão conta de que há negociações para a volta do programa em 2018.

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!