Candidatos batem boca com Cesar Tralli (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo exibiu o debate entre os candidatos ao governo de São Paulo, que foi marcado por momentos tensos e rendeu frases mais fortes de Cesar Tralli, que mediou os confrontos.

Em boa parte do programa, Tralli se mostrou tranquilo quanto à intromissão da plateia e falas avulsas dos candidatos, mas perdeu a cabeça quando comunicou que foi negado um direito de resposta de Luiz Marinho, do PT, e de Marcelo Cândido, do PDT, depois de uma declaração de João Doria, do PSDB.

Antes de entrar o intervalo comercial, o jornalista avisou aos dois candidatos em meio à perturbação da plateia. “Silêncio, plateia, por favor. Não houve ofensa pessoal. Por favor, silêncio na plateia. Estamos encerrando aqui mais um bloco, todos os candidatos perguntaram. Por favor, voltem aos seus lugares”, disse ele.

Enquanto a direção preparava a entrada do comercial, Tralli voltou a pedir silêncio para a plateia. “Silêncio, por favor. Não houve ofensa. Não houve ofensa. Nós vamos continuar com o debate”, declarou. Enquanto César falava, foi possível ouvir alguém da plateia o chamando de “sem vergonha”.

Confira o vídeo e a repercussão na web:

Saiba Mais:

Novela de Walcyr Carrasco leva a melhor em briga por Reynaldo Gianecchini

Nego do Borel se perde no “Encontro” e recebe alfinetada de Fátima Bernardes

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!