Decisão sobre a Libertadores é adiada; saiba o motivo

Revelação sobre Libertadores não vai ser anunciada no prazo anunciado (Imagem: Cesar Greco / Palmeiras)

A novela sobre a decisão de quem vai transmitir a Libertadores e a Sul-Americana, entre o período de 2023 a 2026, na TV aberta, ganhou mais um capítulo.

A Conmebol adiou a revelação do resultado. Agora, o nome de quem vai ficar com os direitos dos campeonatos vai ser divulgado no próximo dia 13.

No comunicado, a empresa diz que os “termos do Parágrafo 8.5 da RFB e dos Estatutos da Conmebol, a entidade informou que o anúncio do Edital de Licitação dos Direitos de Mídia foi adiado”.

A Conmebol ainda alegou que a mudança “é necessária devido a um conflito de agendamento associado aos membros do Conselho”.

Globo concorda em exibir patrocinadores da Libertadores e fica próxima de acerto

A Globo decidiu ceder e adicionou em sua proposta à Conmebol que aceitaria exibir os patrocinadores da Libertadores para conseguir ter direito à competição novamente.

De acordo com informações do colunista Rodrigo Mattos, do UOL, a emissora disputa com o SBT para transmitir os jogos na TV aberta. Elas ainda duelam para obter os direitos da Sul-Americana.

Quem levar a melhor vai poder exibir os jogos da competição entre 2023 e 2026. A Conmebol criou quatro pacotes para cada campeonato.

Ainda em sua proposta, a Globo aceitou todas as contrapartidas comerciais que foram apresentadas pela Conmebol, mostrando que está passando por uma grande mudança, já que a emissora sempre foi resistente quanto ao assunto patrocínio.

Com a decisão, a empresa confirmou que está de acordo em exibir o feed de imagens produzido pela FC Diez e pela Conmebol, sem limpar as marcas. Os resultados devem ser divulgados até o final de semana.

Derrota

A Globo perdeu a briga pelos direitos da Libertadores na TV por assinatura e no streaming. A emissora segue na disputa pela exibição dos jogos na TV aberta, mas o grupo não conseguiu o diretos para o SporTV.

O dólar, cotado em quase R$ 5, prejudicou os planos iniciais da empresa. Com isso, o canal pago da Globo ficará mais quatro anos sem a principal competição de clubes do continente. ESPN, Amazon e Paramount Global seguem na briga.

Além do Grupo Globo na TV paga, a WarnerMedia, dona da TNT Sports, e a proposta conjunta de Claro e Sky, que fazem a Conmebol TV, também foram descartadas.

Para TV aberta, existe uma grande apreensão. Isso porque o SBT superou a expectativa da própria Globo e, agora, é visto como um player que dá bom tratamento para a competição. Neste caso, então, não é só uma questão de valores.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.