Diretor não quis ser pastor da IURD e é dispensado pela Record

Gente, não é uma piada deste pobre mortal. Está na edição de hoje da “Coluna do Flávio Ricco”, do UOL. Ivanildo Lourenço, diretor de projetos sociais da Record e presidente da Ressoar, foi dispensado na última segunda (15).

Até aí tudo bem, né? Ou não. O motivo foi um só: Ivanildo não quis ser pastor da IURD e não vinha frequentando a igreja. Bastou isso. Apenas isso. Precisa explicar mais alguma coisa? Não, né? Bom, sem comentários…

Vale lembrar que Lourenço foi braço direito de todos os vice-presidentes da Record. Uma pena. Hoje em dia, percebe-se, não basta apenas ter experiência na área, tem que ser pastor.

João Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email [email protected].
Veja mais ›