Em 1997, “Por Amor” previu Hillary Clinton presidente

Personagem de Susana Vieira comentou a candidatura e futura vitória de Hillary Clinton à Casa Branca dos EUA
Personagem de Susana Vieira em “Por Amor” previu Hillary Clinton presidente dos EUA

Hillary Clinton disputa com Donald Trump a presidência dos Estados Unidos, em eleição que ocorrerá no dia 8 de novembro. No entanto, há 19 anos, “Por Amor” (1997), da Globo, já havia previsto a vitória dela para o cargo.

Um dos clássicos de Manoel Carlos, a trama tratou de temas como alcoolismo, preconceito racial, bissexualidade e troca de bebês. Além disso, o folhetim fazia referência ao que era notícia na época, como a visita de João Paulo II à Cuba, em 1998, e a vitória de Gustavo Kuerten em Roland Garros, como bem lembrou o jornalista Maurício Stycer.

Em uma das cenas, a esnobe Branca (Susana Vieira) fala da tentativa de impeachment sofrida pelo então presidente dos EUA Bill Clinton por causa do caso que ele manteve com a estagiária Monica Lewinsky.

“O que está salvando este homem é o apoio da mulher”, afirma a antagonista da história. “Ela (Hillary) não está pensando no marido dela, não. Ela está pensando nela. Ela vai sair candidata, você vai ver. E se as coisas continuarem como estão, ela vai ser a primeira presidente mulher dos Estados Unidos”, completa Branca.

Veja a cena:

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.