Em “A Força do Querer”, Jeiza atende celular de cabeça para baixo e internautas não deixam passar batido

Jeiza (Paolla Oliveira) atende o celular de cabeça para baixo, em cena vista ontem (5) em “A Força Do Querer”.
Jeiza (Paolla Oliveira) atende o celular de cabeça para baixo, em cena vista ontem (5) em “A Força Do Querer”

Nada passa batido pelos olhos dos atentos telespectadores de “A Força do Querer”, em exibição às 21h, na Globo. Em cena exibida nesta segunda-feira (5), Jeiza, a policial interpretada por Paolla Oliveira, foi informada do paradeiro de Rubinho (Emílio Dantas) – cuja prisão encerrou o capítulo. Até aí, tudo bem. O problema é que a atriz, no momento de falar ao telefone, usou o aparelho de cabeça para baixo.

Evidentemente, a sequência se tornou um dos assuntos mais comentados da noite entre o público da trama – a de maior audiência do horário desde 2013. No Twitter, uma usuária comentou “adoro esses vacilos de atendimento de celular global, tudo de cabeça para baixo”. Uma clara referência a casos similares, como Camila Morgado em “A Lei do Amor” (2016) e Alinne Moraes em “Rock Story” (2016).

Um smartphone também entrou em cena em “Novo Mundo”, exibida às 18h, ambientada no século XIX. A edição não rifou do capítulo em questão de 10 de abril o momento em que Isabelle Drummond (Anna) observa o visor do celular, aparentemente sem notar que a gravação estava valendo e em seguida, se volta assustada para a câmera.

Erros de continuidade são comuns em novelas, obras de longa duração que exigem vigilância constante da equipe de produção. Ainda em “A Força do Querer”, a cena do parto de Ritinha (Ísis Valverde) foi criticada pela destreza de Jeiza, responsável pela ação, em “encaixar o bebê”, bem como pelo tamanho da criança escolhida para viver um recém-nascido.

Veja a repercussão:

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›