“Envelhecer é uma merda”, dispara Debora Bloch

Debora Bloch disse que o ator acumula mais material ao envelhecer

Capa da edição de novembro da revista “TPM”, Debora Bloch opinou sobre consequências positivas e negativas da maturidade.

“Envelhecer é uma merda porque a gente vive numa sociedade que cultua muito a juventude, e não dá o devido valor à sabedoria e à experiência. Mas tem um lado bom: o tempo é um aliado do ator. Quanto mais vivência ele acumula, mais material ele tem para trabalhar”, disparou a estrela, que está com 53 anos.

Mãe de Julia, de 23 anos, e Hugo, de 18, a atriz admitiu que foi difícil quando os filhos saíram de casa. “Dediquei muitos anos da minha vida a eles. Mas agora já me acostumei e tenho uma desculpa para viajar sempre. Mês que vem vou visitá-los”, afirmou.

A famosa também comentou sobre o filme “Aquarius”, dirigido por Kléber Mendonça Filho e protagonizado por Sonia Braga.

“Kleber prestou um serviço a todas as mulheres nesse filme. Ali você vê Clara [Sonia Braga], uma mulher de 60 anos, bela, independente, sexualmente ativa, sem precisar viver com um homem para ser feliz. Acho muito mala essa coisa da Bridget Jones, da mulher que passa a vida sofrendo, correndo atrás do príncipe encantado. Precisamos de mais Claras nas telas do cinema”, sentenciou.

LEIA MAIS:

Débora Bloch posa com filha e semelhança impressiona: “Irmãs?”

Lícia Manzo desiste de contar com Débora Bloch em nova novela; entenda

Débora Bloch festeja a volta do pai, Jonas Bloch, à Globo

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.