Bianca Rinaldi como Isaura, protagonista de “A Escrava Isaura”, da Record.
Bianca Rinaldi como Isaura, protagonista de “A Escrava Isaura”, da Record

Surpreendentemente, a reprise de “A Escrava Isaura” emplacou em todo o país, mesmo tendo vindo na sequência de uma trama inédita e de contexto semelhante – “Escrava Mãe” –, num dos horários em que a disputa por audiência é bastante acirrada.

Com média de 10,2 pontos na Grande São Paulo, a adaptação de Tiago Santiago para o romance de Bernardo Guimarães chegou a liderar a audiência em Goiânia no último dia 7, com 17 pontos contra 15,3 da segunda colocada (Globo) e 12,2 da terceira (SBT). A afiliada da Record comemorou o feito no Instagram.

“A Escrava Isaura” entra agora em sua última semana – o capítulo final será exibido na próxima segunda-feira (24). A protagonista, Isaura (Bianca Rinaldi), encontra-se presa, acusada do assassinato de Leôncio Almeida (Leopoldo Pacheco), senhor de escravos que a perseguiu durante toda a narrativa.

Agora, cria-se a expectativa em torno da identidade do verdadeiro criminoso. Em 2004, época da exibição original, a Record gravou quatro desfechos diferentes, já foram veiculados em transmissões anteriores: o jardineiro Belchior (Ewerton de Castro), o capataz Chico (Jonas Mello), a escrava Rosa (Patrícia França) e a viúva Malvina (Maria Ribeiro).


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!