Especialista faz revelação sobre a transição de Camilla de Lucas no BBB 2021

Camilla de Lucas mudou o cabelo no BBB 2021 (Imagem: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

O BBB 2021 tem repercutido também por conta do visual dos participantes e Camilla de Lucas deu um show à parte com a transformação radical que fez recentemente em seu cabelo.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

Na ocasião, a famosa tirou suas tranças e revelou seu black power no BBB21. Sobre isso, a hairstylist e trancista das famosas, Maia Boitrago, que é especialista no assunto, falou sobre o look.

Questionada sobre os fios ficarem enfraquecidos com as tranças, a especialista garantiu:

“Os fios só ficam enfraquecidos se o cabelo estiver com algum procedimento químico. Se estiver seco, sem hidratação, se a pessoa estiver com algum problema de saúde que afete a saúde capilar, e se não houver os cuidados necessários antes, durante e após as tranças. E o principal: respeitar o tempo de ficar com a trança”.

“Não tem idade pra começar a usar tranças, o importante é sempre ter o cuidado com o couro cabeludo. Em crianças, por exemplo, é importante nunca apertar e não deixar muito tempo com o mesmo penteado”, revelou.

“Sempre hidratar, nutrir e respeitar o tempo entre o intervalo de uma trança para outra. O que eu aconselho, baseado na minha vivência, são 15 dias de descanso do couro para manter o cabelo saudável e sempre lembrando de não apertar, tanto para crianças como pra adultos”, completou.

O maquiador das famosas, Alê de Souza, também fez um texto emocionante sobre a cena da participante do BBB21, dizendo que foi emblemática e muito significativa:

“A cena de Camilla de Lucas tirando suas tranças e deixando resplandecer seu lindo cabelo e em seguida se divertindo com as possibilidades de uma lace (peruca implantada de aspecto super natural), me fez pensar em como a representatividade ainda é uma questão de extrema importância em pleno século 21. Quando pensamos em cabelo, a princípio responderemos: moda, estética, beleza!”.

“Mas o cabelo é muito mais que isso, principalmente para o povo preto. Através da história as tranças serviram de mapas que eram usados como trajeto de fugas para os quilombos”, explicou.

“Nossos cabelos, serviram de suporte para escondermos o ouro, retirado das minas, para comprarmos a nossa alforria e de nossos irmãos e irmãs. Representaram nossa força e urgência de mudanças através do movimento black power nos anos 60 e 70”, disse ele.

“Não por acaso nossa ‘estética capilar’ sempre foi combatida em prol de uma estética imposta. O cabelo liso, era uma regra de beleza, status, higiene, ‘boa aparência’. O que isso quer dizer? Estamos falando de imposição estrutural, domínio e silenciamento”, prosseguiu, ao falar sobre a questão racial:

“Sim, por muitos anos, as mulheres pretas foram silenciadas de várias maneiras, pelo seu jeito de se vestir, se embelezar, se expressar ! Venho aqui reverenciar a todas as rainhas que no passado abriram caminhos na maioria das vezes dolorosos para que hoje possamos aplaudir toda esta representatividade linda de poder ser quem a gente quiser ser! Crespo, trançado, alisado, usando perucas ou até mesmo de cabeça raspada as mulheres pretas estão aí mostrando toda esta multiplicidade de belezas, corpos e estilos fazendo uso da força da nossa ancestralidade que amplifica nossa potência e principalmente, as coloca no lugar de onde jamais deveriam ser tiradas: O posto de protagonista das suas histórias!”.

Confira:

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›