Ex-contratados exigem indenização da Record na justiça

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

A Record terá pela frente algumas disputas judiciais com ex-contratados. Além da “novela” envolvendo José Luiz Datena, a emissora trava na justiça uma guerra com a atriz Tássia Camargo e  outra com o diretor Flávio Colatrello.

Tássia acusa o canal de Edir Macedo de ter rescindido seu contrato após o fim de “Vidas Opostas” (2006). A Record alega que a atriz vivia se atrasando para as gravações da trama.

Colatrello, que dirigiu “A Escrava Isaura” (2004), “Essas Mulheres” (2005) e “Cidadão Brasileiro” (2006), também levou a emissora às barras do tribunal.

Recentemente Bóris Casoy ganhou uma milionária indenização da Record. O jornalista cobrava um ressarcimento por quebra de contrato.

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›