Ideia do ministro veio após visita à França

O ministro do Superior Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, quer discutir as influências do rádio e TV no processo eleitoral e a possibilidade de criar um órgão que controle as programações.

Segundo a jornalista Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S. Paulo”, a iniciativa do ministro veio após visita ao conselho de comunicação social da França. Por lá, no período de eleições, a aparição de candidatos é cronometrada e se um deles passa o tempo estipulado, os veículos recebem notificações.

A ideia de Gilmar, que convocou audiência pública para tratar do assunto, é discutir a autorregulação feita pelos concessionários de rádio e TV, e se é “ficção ou realidade” a neutralidade de imprensa no processo eleitoral.

Tratado com seriedade, o tema é classificado como “caro à democracia e à liberdade de sufrágio”, segundo o TSE, que já informou que vai elaborar relatórios para possíveis alterações na legislação eleitoral, faltando menos de um ano para o pleito.

Saiba Mais:

Justiça condena empresa de Silvio Santos a pagar R$ 4 bilhões em impostos

Namorado de Zilu tem prisão decretada pela Justiça

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!