Globo comete erro ao anunciar patrocinador em “A Força do Querer”

Reprodução
Globo erra nome de banco em créditos finais de sua principal novela

Um descuido nos créditos finais de “A Força do Querer” faz diariamente um dos principais patrocinadores da trama aparecer creditado de forma errada. Ao invés de “Santander”, a equipe de edição responsável por informar ao público o nome de cada patrocinador acabou eliminando uma letra e o banco aparece descrito como “Santader”.

Vale lembrar que o Santander vem inserindo várias ações de merchandising na trama. O personagem de Antônio Carlos Santana, o Mussunzinho, aliás, entrou na história apenas para representar o banco.

Essa não é a primeira vez que uma empresa é representada de uma maneira errônea em uma trama de Glória Perez. Em “Salve Jorge” (2012), a representação de um comercial fictício fez a personagem de Paloma Bernardi, uma vítima do tráfico internacional de mulheres, estrelar um comercial da Kia Motors. A associação da marca com o esquema criminoso gerou diversas críticas.

Na época, a empresa chegou a divulgar uma nota oficial para se explicar e afirmou que não tinha “qualquer ingerência na decisão do roteiro da novela, uma obra de ficção, na qual os nossos veículos são utilizados tanto por personagens caracterizados como os vilões como por aqueles do ‘bem'”.

Divulgação
Em “Salve Jorge”, Globo usou escrava sexual para anunciar marca de montadora de carros
CONTINUE LENDO →

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com