Globo impõe cautela em divulgação de elenco após “caso Cauã Reymond”

Escalação de Cauã Reymond causou discórdia na Globo

É consenso dentro da Globo: não pegou nada bem a divulgação de todo o imbróglio envolvendo a saída de Cauã Reymond do elenco de “Prova de Fogo”, para se dedicar a “projetos pessoais”, e sua consequente escalação para “O Sétimo Guardião”. O episódio indispôs Walcyr Carrasco e Aguinaldo Silva, respectivamente, autores da primeira e da segunda produção.

Segundo Flávio Ricco, a Globo vai adotar de mais cautela na divulgação dos nomes recrutados para a trama de Walcyr. Há outros atores em situação semelhante a de Cauã – não cotados para outras novelas, mas sim em trabalhos paralelos. Muitos dos atores já anunciados no folhetim ainda estão na lista de “pretendidos”, não na de “confirmados”.

A trama, que estreia em outubro às 21h, deve contar com Bianca Bin, Rafael Cardoso, Sérgio Guizé, Glória Pires, Marieta Severo, Fernanda Montenegro, Juca de Oliveira, Lima Duarte, Nathalia Timberg, Eliane Giardini, Fabíula Nascimento, Thiago Fragoso, Bruna Marquezine e Arthur Aguiar. A direção artística caberá a Mauro Mendonça Filho, parceiro do autor em “Verdades Secretas”.

Projetos pessoais à parte, a troca de Cauã Reymond feriu a política de reserva de elenco adotada recentemente pela Globo, que prioriza trabalhos que estreiam primeiro. Com isso, abre-se outra vez o perigoso precedente de “panelinhas” e conchavos de escalação, que acabam por indispor autores e diretores e causar um desnecessário burburinho na imprensa.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.