Globo não pretende lançar astros de “Rock Story” no mercado da música

Rafael Vitti como Léo Régis em “Rock Story”

Quase todo mundo acreditou que, por ser uma novela musical, “Rock Story” ganharia os palcos e as rádios. Ledo engano. A Globo não pretende investir em shows e discos dos astros da música presentes na trama – como fez a Record com “Rebelde” e o SBT em “Carrossel”, “Chiquititas” e, mais fortemente, “Cúmplices de um Resgate”.

Segundo Flávio Ricco, Gui Santiago (Vladimir Brichta), Léo Régis (Rafael Vitti) e a boy band Quatro Ponto Quatro devem exibir seus dotes vocais e performáticos apenas na novela.

Vale lembrar, contudo, que todos foram preparados para o palco, contando inclusive com o auxílio de Raffaele Casusccio, coreógrafo de astros como Ricky Martin e Kylie Minogue. O treinamento, porém, ficará restrito à ficção.

A ideia de investir em apresentações dos astros de “Rock Story” vinha sendo difundida pela imprensa desde o início da produção da trama de Maria Helena Nascimento. Não é a primeira vez, no entanto, que tal possibilidade é ventilada: em 2012, muito se falou a respeito de uma turnê das Empreguetes – Cida (Isabelle Drummond), Penha (Taís Araújo) e Rosário (Leandra Leal) – estrelas de “Cheias de Charme”.