Globo não renova com diretor de “Salve Jorge” e cria novo modelo de contratos

 

Marcos Schechtman durante a premiação do Emmy Internacional por “Caminho das Índias”

A Globo está estudando um novo modelo de redução de custos para suas produções. De acordo com o jornal “Folha de S. Paulo”, alguns autores e diretores da emissora não terão seus contratos renovados. A ideia é empregar os profissionais apenas por obra, como já acontece com muitos atores.

Marcos Schechtman, que nos últimos anos dirigiu novelas como “Salve Jorge” (2012), “Araguaia” (2010) e “Caminho das Índias” (2009), não teve seu contrato renovado com a emissora, mas pode ser chamado para dirigir produções específicas.

A Globo está avaliando os trabalhos de seus autores e diretores nos últimos dez anos. Quem menos produziu, deve perder contrato fixo, mas haverá uma exceção para profissionais que desejarem este tipo de parceria.

Luiz Fernando Carvalho, por exemplo, já manifestou o desejo de não ser exclusivo da Globo, e pode entrar no modelo de contrato por obra. Desta forma, ele pode realizar seus trabalhos em outras emissoras, inclusive em canais pagos, mesmo com projetos em andamento na emissora carioca.

Daniel Ribeiro
Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.