Globo vai usar SporTV para minar transmissão da Record em Londres

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Com o Pan de Guadalajara em evidência, a Olimpíada de Londres, a ser realizada entre 27 de julho e 12 de agosto de 2012, já chama a atenção de alguns executivos.

Diferente do Pan-Americano deste ano, a Record vendeu os direitos de exibição na TV paga para a Globosat (SporTV, SporTV 2 e SporTV 3), ESPN Brasil e Band Sports. Apesar de a emissora de Edir Macedo limitar o número de credenciais para as “colegas”, há a promessa de uma grande cobertura por parte dos canais fechados.

A Globosat, por exemplo, promete 8 canais SporTV até o evento. Além do SporTV e SporTV 2, já em funcionamento, e do SporTV 3, lançado este mês, a programadora das Organizações Globo promete abrir mais cinco canais só para a Olimpíada.

Há, por parte de alguns atletas, uma queixa pela pouca exposição alcançada na Record. Reclamam, ainda, que uma única TV transmitindo as competições, como vem acontecendo com o Pan, limita demais o esporte em si. Como se sabe, Globo e Band viraram as costas para o evento que acontece no México desde o último dia 14. SBT e RedeTV pouco falam do assunto. Além dos atletas, os patrocionadores também têm feito bico pela pouca repercussão.

De olho nesse descontentamento, a Globo quer minar a transmissão da Record em Londres. A ideia é usar medalhões da casa, como Galvão Bueno, Cléber Machado, Luís Roberto, Tadeu Schimit, Tiago Leifert, Glenda Kozlowisk, entre outros, no SporTV. Além disso, a emissora carioca vem promovendo uma rotatividade interessante, apresentadores da TV paga, como Milton Leite, por exemplo, vem ganhando cada vez mais espaço na TV aberta.

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›