Hora 1 ganha cenário moderno e novo formato após sete anos no ar

Hora 1
Roberto Kovalick no comando do Hora 1; telejornal da madrugada ganha novo formato e cenário mais moderno (Imagem: Reprodução / Globo) 

O Hora 1 vai estrear na próxima segunda-feira (5) um novo cenário e um formato diferente do que foi visto nos últimos sete anos. O telejornal mais jovem da Globo e exibido das 4h às 6h ganhou um espaço mais moderno, interativo e amplo.

Comandado por Roberto Kovalick, que também é o editor-chefe do jornal, o Hora 1 da Notícia vai continuar com o foco no noticiário mais quente da hora, nos debates que vão agitar as próximas 24 horas, além das informações sobre trânsito, previsão do tempo, cultura e esporte.

“[O] Hora 1 é o primeiro jornal do dia. Nossa proposta é cobrir assuntos que estão começando e, eventualmente, o que aconteceu de madrugada. Se for um fato relevante do dia anterior, procuramos jogar para frente e mostrar como aquilo vai impactar o dia que começa”, explicou o âncora.

“Por exemplo, se no dia anterior houve um problema sério no transporte de São Paulo, contamos como está o transporte no dia de hoje. Sempre focados no telespectador. Esse novo cenário nos dá ainda mais agilidade. Tudo tem uma ligação visual com o conceito de ser o jornal que desperta, que vem da noite para o dia”, explicou Kovalick.

O novo cenário, localizado na redação do Jornalismo da Globo, em São Paulo, tem elementos que remetem ao despertar e ao começo do dia. Predominam as cores laranja, amarelo, cinza e branco do jornal, além da madeira que “esquenta” o ambiente.

“O cenário tem uma função, é a representação visual da filosofia do jornal. O cenário é solar. Quando visto de cima, lembra muito o formato do sol, e as escadas lembram os ponteiros do relógio. Essa mudança não é puramente estética”, salientou.

“Teremos o frescor, a rapidez da notícia da manhã. Quando amanhecer, as pessoas vão ver o sol entrando pelas janelas da redação, deixando muito clara a transição da noite para o dia. É um cenário iluminado, palavra que gosto de usar no fim do jornal para que, mesmo em meio às maiores adversidades, as pessoas saiam de casa com um pouco de esperança de que o dia de hoje será melhor do que o de ontem”, descreveu o responsável pelo telejornal.

Outra novidade é o aumento da interação com o público, em tempo real. “A comunicação é um caminho de mão dupla. Às vezes é até mais ouvir do que falar. As redes sociais nos permitem ouvir o nosso público. As demandas do público chegarão pela hashtag #hora1 nas redes sociais e por meio de um número de celular, como acontece nos jornais locais. Como o jornal vai ao ar em um horário em que as pessoas estão acordando, permite que os espectadores sejam também nossos repórteres, enviando vídeos e colaborando”, adiantou Kovalick.

Jacqueline Brazil continuará na previsão do tempo, mas na nova fase com o seu próprio espaço: um púlpito onde ela usará um tablet para acessar e movimentar os mapas. “Estou muito animada e motivada por participar desse novo momento de um jornal de rede com um formato inovador”, disse Jacqueline.

Alessandro Jodar, apresentador as notícias esportivas, contou que o clima para a estreia é de Copa do Mundo: “O novo estúdio oferece ainda mais recursos para contar as grandes histórias do esporte. Mal posso esperar para começar a experimentar as novas ferramentas. Sinto na equipe um clima de abertura de Copa do Mundo, com muita expectativa e empolgação”.

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›