16:57 :: 23/09/2017

Jornalismo do SBT troca experiência por gel, reboladas e striptease

João Paulo Dell Santo 08:00 :: 01/02/2017

Estridente, Dudu Camargo faz striptease durante “telejornal”

A direção do SBT, leia-se Silvio Santos, deu início na semana passada ao desmanche do jornalismo do canal. Ao trocar profissionais como Joyce Ribeiro e Patrícia Rocha por um inexperiente Dudu Camargo, SS dá provas suficientes de que olha o setor com pouco caso – o que não impressiona.

A se confirmar o boato que envolve a saída de Hermano Henning (a emissora nega…), o jornalismo do SBT terá ares de berçário. Ao tempo em que a experiência é deixada de lado, Dudu ganha cada vez mais espaço. É uma nova era, a do gel, aparelho dentário, topete, reboladas e striptease. Deprimente!

O problema não é Dudu Camargo, um ótimo bailarino. Tampouco as suas danças ridículas. Cada um sabe o que faz da própria carreira, ou não… – o futuro o fará ter vergonha do presente. O problema é ridicularizar todo um departamento, que por ora abriga nomes como Carlos Nascimento, Roberto Cabrini e o próprio Hermano.

Criticado na época pelos fãs do canal, César Filho não poderia ter feito escolha melhor ao trocar o “Notícias da Manhã” pelo “Hoje em Dia”, da Record. Luiz Bacci, Rodolfo Gamberini, Cynthia Benini e Rita Lisauskas, entre outros, também. Não há qualquer estabilidade no setor.

O SBT firmou-se como uma emissora de entretenimento – programas de auditório e infantis. Absorveu a personalidade de seu dono. Daí a indiferença para o jornalismo. Os diretores dirigem na teoria. Ou vocês acreditam que esses profissionais têm poder de decisão? Óbvio que não! Um telefonema de Silvio muda tudo.

A “penúltima” envolve o retorno do “Primeiro Impacto”, a partir desta quarta-feira (01). O telejornal será exibido das 6h às 8h30, com apresentação do pupilo de SS. Com a medida, Cassius Zeilmann, transferido para faixa das 6h/7h15 recentemente, retorna às madrugadas, que já reúne Marcelo Torres, João Fernandes, Analice Nicolau e Karyn Bravo – isso se esta última sobreviver aos cortes pós-Carnaval.

Se há um encanto de SS por Dudu, que seja dado a ele algo à altura de seu estilo de narrador de rodeios: um “Fantasia” nas madrugadas de sábado. Ali, ele poderá agir como um apresentador de entretenimento, dançar, berrar e fazer outras micagens.




WordPress Lightbox