Leo Dias desabafa após ser vetado na Record: “As pessoas são ingratas”

Leo Dias desabafa após ser vetado na Record

Leo dias é um nome proibido na Record. Segundo Flávio Ricco, o polêmico colunista de celebridades não pode mais ser mencionado nos programas da emissora dos bispos e nem em outros veículos do grupo – internet, rádios etc.

Uma das decisões que comprovam o veto foi a exclusão das matérias sobre a briga de Leo com Danielle Winits e André Gonçalves que foram publicadas no site oficial do grupo. O assunto foi amplamente explorado por toda a mídia nacional.

Ao tomar conhecimento da informação, Dias, que não é de levar desaforo para casa, resolveu desabar nas redes sociais. Segundo o jornalista, a Record deveria ter mais gratidão, uma vez que ele divulga os produtos do canal.

“Eu fico impressionado como as pessoas são ingratas. Eu trabalho no único jornal que fala da Record Rio. Os jornais das Organizações Globo ignoram solenemente os produtos e artistas da Record. Os pastores da Universal deveriam ensinar aos diretores da emissora o que é GRATIDÃO”, escreveu no Instagram.

Henrique Brinco é baiano, formado em Comunicação Social pela Unijorge, de Salvador. Atua no jornalismo desde 2008, passando pelas editorias de política, cidades, cultura e entretenimento em diversos portais de notícias, locais e nacionais. Foi por cerca de dois anos editor-chefe do site Varela Notícias, de Raimundo Varela, apresentador da Record Itapoan. Já foi colunista do RD1 anteriormente, por seis anos. Atualmente é repórter de política do jornal Tribuna da Bahia e do site BNews.

WordPress Lightbox