Luciano Huck diz que "neste momento" não é candidato a nada; global sonda nomes para possível ministério
Luciano Huck sonda Joaquim Barbosa e Geraldo Alckmin para possíveis ministérios 

A novela sobre a possível candidatura de Luciano Huck à presidência da República em 2018 não está nem perto de chegar ao fim. O apresentador, durante palestra no evento Connect Samba, em São Paulo, falou novamente sobre as especulações em torno de sua entrada na disputa eleitoral.

“Neste momento da minha vida eu não sou candidato a nada”, disse o global. Na saída do evento, em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo”, Luciano afirmou que as conversas com partidos são para ele colaborar fora da política – PSDB, PPS, DEM, Novo e Rede andaram dialogando com o marido de Angélica.

Huck garantiu ainda que a divisão de seu tempo acontece entre as gravações do “Caldeirão”, da Globo, e as conversas sobre o cenário eleitoral, mas como participação no “Agora!”, “Acredito” e no “RenovaBR”, que pretendem estimular novas candidaturas para 2018. “Eu estou me ligando não a partidos, quero me ligar aos movimentos cívicos”, contou.

Nesta terça-feira (7), a colunista Monica Bergamo, do mesmo jornal, revelou que o pai de Joaquim, Benício e Eva e ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa, se encontraram para conversar sobre a política.

Mesmo negando o interesse de entrar na corrida eleitoral, a coluna informou que Luciano Huck chegou a sondar o jurista e Geraldo Alckmin (PSDB/SP) para um possível ministério. Já Marina Silva (Rede/AC), de acordo com a revista “Veja”, estaria na mira do global para o cargo de vice-presidente numa eventual chapa.

Saiba Mais:

Pesquisa aponta alta rejeição a possível candidatura de Luciano Huck à presidência

Luciano Huck prepara versão brasileira do “The Wall”

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

EU QUERO