Maria Fernanda Cândido fará “À Flor da Pele”; Lília Cabral interpreta viciada em jogos de azar

Maria Fernanda Cândido retorna ao vídeo em “À Flor da Pele”

Contrariando as informações iniciais, que ligavam Lília Cabral à personagem, caberá a Maria Fernanda Cândido viver a mãe de uma transexual em “À Flor da Pele”, próxima novela das nove. Além desta última, presença bissexta na TV, a escalação de Pedro Nercessian – destaque em “Justiça” – também pode ser confirmada.

Na trama de Glória Perez, Maria Fernanda será esposa de Dan Stulbach e mãe de Caroline Duarte, uma jovem tratada como “princesa” pela família, mas que vive um grande dilema: ela não se sente confortável com seu corpo de mulher, o que a motiva a buscar a cirurgia para readequação de gênero.

Lília, por sua vez, terá vínculos familiares com a personagem de Maria Fernanda. Caberá a atriz, ausente das novelas desde “Liberdade, Liberdade”, interpretar uma viciada em jogos de azar, o que acaba por prejudicar seu casamento. Lília será casada com o personagem de Humberto Martins e mãe de Juliana Paiva, melhor amiga da prima transexual.

Já Pedro Nercessian será Amaro, melhor amigo de Rui, interpretado por Fiuk. Este último completa o triângulo amoroso central, composto também por Marco Pigossi e Ísis Valverde. Rita, personagem de Ísis, será adepta do sereismo – a atriz, por sinal, não deve contar com dublês; ela se prontificou a gravar as cenas em que mergulha com um rabo semelhante ao de um peixe.

Completam o elenco do folhetim: Juliana Paes, Paolla Oliveira, Débora Falabella, Edson Celulari, Rodrigo Lombardi, Zezé Polessa, Tonico Pereira, Elizangela, Gisele Fróes, Bruna Linzmeyer, Totia Meirelles e Mariana Xavier, entre outros. A direção artística de “À Flor da Pele” caberá a Rogério Gomes. As informações são da jornalista Patrícia Kogut, de “O Globo”.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.