Mario Sergio Conti estreia nova fase do “Roda Viva

mario sergio conti

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Mario Sergio Conti

Um dos mais antigos programas de entrevistas da tevê brasileira, o Roda Viva, da TV Cultura, volta ao ar ao vivo, nesta segunda-feira (17/10), a partir das 22h, com uma série de novidades.

O jornalista Mario Sergio Conti mediará a atração e terá a companhia de seis entrevistadores, que mudarão a cada semana, de acordo com a área de atuação do entrevistado. Além disso, a bancada ainda terá três twiteiros, estudantes universitários e convidados.

A expectativa de Conti nesta nova fase do Roda Viva é, acima de tudo, fazer um bom trabalho jornalístico. “Vou levar para o programa o que aprendi na imprensa escrita e no rádio, no Brasil e no exterior”, garante.

Conti foi diretor das revistas Veja e do Jornal do Brasil; escreveu o livro Notícias do Planalto sobre o relacionamento da imprensa no Governo Collor; atuou como correspondente da Rádio Bandeirantes em Paris e, atualmente, dirige a revista Piauí, publicação para a qual passará a escrever como repórter a partir de janeiro de 2012, cargo que manterá juntamente com a apresentação do Roda Viva.

Interatividade

O cenário, recriado por Daniela Thomas e Felipe Tassara, volta ao formato de arena. Em tom branco, conta com dois “andares”, em que ficarão o apresentador, os entrevistadores, convidados, twitteiros e o cartunista Paulo Caruso. Já o entrevistado ficará no centro da roda, posicionado em degrau inferior ao dos entrevistadores.

A interatividade é outra aposta nessa nova fase do Roda Viva. O público poderá enviar, em tempo real (e também antecipadamente pelo site do programa – www.cmais.com.br/rodaviva), comentários, opiniões e perguntas para o entrevistado. Além disso, poderá acompanhar, no Portal CMais, uma transmissão interativa, com câmeras alternativas, que vão mostrar o trabalho do cartunista Paulo Caruso e a entrevista exibida pela TV Cultura. As discussões via Twitter também ganham força na atração, graças à participação de três twiteiros que irão compor a bancada e, claro, dos internautas do Brasil e de outros países.

Antes de cada edição, o telespectador acompanhará um making of mostrando desde o momento da chegada do convidado à TV Cultura, todos os seus passos dentro da emissora, até os instantes que antecedem o início das gravações.

Estreia

No programa de estreia, o Roda Viva recebe um nome que marcou a história do país: Cabo Anselmo. O ex-militar liderou o protesto dos marinheiros, que resultou no golpe militar no Brasil. Preso em 1964, exilou-se em Cuba. Retornou depois para continuar sua militância. Coopitado pelos órgãos de segurança, tornou-se agente duplo. Sua atuação foi decisiva para desbaratar os grupos de guerrilha urbana. Marcado como delator, até hoje vive sem documentos – é um cidadão clandestino.

A bancada de entrevistadores será formada por Mônica Bergamo (colunista da Folha de S. Paulo), Fausto Macedo (repórter de Política do O Estado de S. Paulo), Fernando Barros e Silva (jornalista), José Renato Nalini (desembargador do Tribunal de Justiça), Hugo Studart (jornalista e historiador da Universidade de Brasília) e Jorge Serrão (editor-chefe do blog Alerta Total).

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›