Medidas irritam funcionários e Honorilton Gonçalves vira motivo de piada na Record

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Honorilton Gonçalves

Algumas medidas adotas pela Record ainda causam certo inconformismo nos bastidores. A última da emissora, segundo Flávio Ricco, é solicitar que os seus atores assinem declarações de próprio punho, abrindo mão dos direitos empregatícios com a empresa. Advogados já foram acionados.

Foi numa dessas medidas que Tássia Camargo rompeu com o canal. O processo corre até hoje na justiça. A atriz reivindica direito a férias e 13º.

Falando nisso, devido a essas “normas”, Honorilton Gonçalves, vice-presidente da rede, vem sendo chamado por alguns funcionários de “O Bem Amado” e Honorilton “Paraguaçu”, em alusão à novela homônima escrita por Dias Gomes na Globo.

João Paulo Dell SantoJoão Paulo Dell Santo
João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.
Veja mais ›