MP protocola novas denúncias contra Edir Macedo e membros da IURD

O Ministério Público Federal em São Paulo protocolou novas denúncias contra Edir Macedo, o ex-deputado federal João Batista Ramos da Silva, o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição e a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa pelos crimes de quadrilha para a prática de estelionato, falsidade ideológica, evasão de divisas e lavagem de dinheiro

Segundo a denúncia, os dirigentes religiosos montaram uma quadrilha para lavar dinheiro da Igreja Universal do Reino de Deus, remetido ilegalmente do Brasil para os Estados Unidos por meio de uma casa de câmbio paulista, entre 1999 e 2005. Estima-se que entre 2003 e 2006, a Universal tenha recebido pouco mais de R$ 5 bilhões em doações

De acordo com o procurador da República Sílvio Luís Martins de Oliveira, que assina a denúncia, o dinheiro era obtido por meio de “oferecimento de falsas promessas e ameaças de que o socorro espiritual e econômico somente alcançaria aqueles que se sacrificassem economicamente pela igreja”.

A Procuradoria solicitou, ainda, que seja analisada a possibilidade de cassação da imunidade tributária da igreja.

Em comunicado, a IURD rebateu as acusações: “Tudo indica, pelo que a mídia está veiculando, que tratam-se das mesmas acusações de sempre aos dirigentes da Igreja Universal do Reino de Deus, que sempre se mostraram inverídicas”.

Com informações da Folha de S. Paulo.

CONTINUE LENDO →

João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com