Neto abre o jogo ao falar de política: “Não é a minha”

Craque Neto
Craque Neto abriu o jogo ao ser questionado sobre seu pensamento em relação à política (Imagem: Reprodução / Band)

Neto tratou de esclarecer a declaração que deu em seu canal do YouTube, onde cogitava seguir uma carreira política. Em entrevista ao Notícias da TV, o apresentador deixou claro que não tem chances disso acontecer:

“Não é verdade, não. Eu tenho contrato com a Band até 2025, eu não tenho esse viés. É que foi me perguntado se eu poderia ser candidato a presidente, a senador, a vereador. E eu disse: ‘Por que não?’. Mas não agora, né? Eu não tenho essa vontade, com 55 anos… Não é a minha, gosto da Band. Eu não vou fazer isso nunca”.

Por falar em política, durante o Donos da Bola, Neto criticou de forma feroz o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e pela primeira vez fez uma menção clara ao STF (Supremo Tribunal Federal). O apresentador citou o ministro Luiz Fux e agradeceu o trabalho feito por ele em meio ao clima de guerra entre a Corte e o Palácio do Planalto.

Eu respeito quem? O Fux, que, por sinal, o senhor me representa e eu represento o senhor. Parabéns ao senhor por fazer isso para os meus filhos e para todos nós, diga-se de passagem”, elogiou.

Bolsonaro surpreendeu o país com discursos golpistas durante os protestos da última terça-feira (7). Em vários momentos, ele exigiu a saída do ministro Alexandre de Moraes.

Neto comentou que sua família foi dividida em razão dos seus comentários contra o atual governo. O ídolo do Corinthians foi mais do que claro a respeito do seu posicionamento:

“Por sinal, tem gente que é da minha família que é contra a minha visão e tem outra coisa, se é contra, não precisa ir nem na minha casa e, se eu morrer hoje, não precisa ir nem no enterro e não vai ver meus filhos, não vai estar na minha casa. Essa é a parada!”.

Na última semana, Neto falou que haters ameaçaram seus filhos. Ele elogiou uma matéria do Fantástico sobre o assunto e reagiu na Band. “Parabéns à matéria que foi feita ontem no Fantástico pela Renata Capucci, entrevistando o que fazem com a gente o mesmo que fizeram com a Xuxa. Com a Preta Gil, com todo mundo”, iniciou.

Eles falam que meu filho tem que morrer de câncer, que minha mulher é prostituta e que eu sou vagabundo. Tem isso aí”, denunciou em seguida. O comentarista de futebol finalizou o desabafo desejando boas energias para os inimigos. “Luz para as pessoas que me odeiam. Luz para as pessoas que querem que morram. Luz para vocês”, desejou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›