Dani Calabresa, um dos destaques do atual formato do “Zorra”.
Dani Calabresa, um dos destaques do atual formato do “Zorra”

A Globo se deu bem com a mudança de formato do “Zorra”, promovida em 2015. Sob o comando de Marcius Melhem, nos roteiros, e Maurício Farias, na direção, o humorístico cresceu nos números. E chegou em 2017 com uma audiência superior à registrada nos anos anteriores.

Nas oito primeiras semanas desta “terceira temporada”, o “Zorra” cresceu 24%, mantendo a confortável média de 21 pontos. Em 2015, a atração registrou 17 pontos, considerando este mesmo período. Ano passado, segundo dados aferidos na Grande São Paulo, o programa conquistou 18 pontos.

No PNT, o humorístico cresceu 3 pontos (ou 17%) e 6 no Rio de Janeiro (ou 33%). Além disso, o “Zorra” chegou a marcar 23 pontos no episódio exibido em 3 de junho; desde abril de 2013, quando ainda se chamava “Zorra Total”, não se via um índice tão alto.

Contudo, apesar da boa fase, a atração deverá passar por uma nova reestruturação no próximo ano. Alguns dos veteranos do programa, como José Santa Cruz e Tony Tornado, integram a lista de cortes previstos para temporada 2018. Ao todo, 14 nomes deverão ser dispensados, incluindo humoristas da “nova geração”.


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!