Novelas da Globo apresentam queda significativa em uma década; veja os números

novelas da globo
Novelas da Globo despencaram em uma década

Embora continue firme e forte na liderança, a Globo sofreu abalos consideráveis com suas novelas ao longo dos últimos dez anos. Um comparativo obtido pelo RD1 traz dados de audiência conquistados em 2006 e 2016 (parcialmente, até este mês de outubro).

Em 2006, o horário das seis vivia um de seus períodos de maior êxito nos primeiros anos do século XXI. Com a reta final de “Alma Gêmea” e os remakes de “Sinhá Moça” e “O Profeta”, a Globo atingiu 34,8 pontos. Este ano, com as últimas semanas de “Além do Tempo”, “Eta Mundo Bom!” (maior fenômeno do horário nos últimos anos) e “Sol Nascente”, a emissora ficou na casa dos 25,4. Vale lembrar que a faixa das seis é que enfrenta maior concorrência hoje, com o sucesso das novelas mexicanas do SBT e o avanço da Record com o “Cidade Alerta”, de Marcelo Rezende.

A queda não foi tão acentuada no horário das sete, que viveu uma boa fase este ano com “Totalmente Demais” e “Haja Coração”. Juntas, as tramas registraram média de 28,1 pontos. É um bom número, ainda que abaixo dos 34,2 da controversa “Bang Bang”, “Cobras & Lagartos” (uma das maiores médias da faixa na última década) e “Pé na Jaca”.

A novela das nove é a que se encontra em situação mais crítica; em parte também pela concorrência das tramas infantis do SBT e das novelas bíblicas da Record. Dos 48,5 atingidos por “Belíssima” e “Páginas da Vida” em 2006 para 29,8, média de “A Regra do Jogo”, “Velho Chico” e “A Lei do Amor”, neste 2016. Outro fator que pesou para a queda: o avanço da TV paga nos últimos anos.

Como dito acima, apesar do declínio nos números, proveniente principalmente da concorrência acirrada, as novelas ainda lideram com folga. Resta saber se teremos em breve um título capaz de causar tamanho impacto, a ponto de turbinar a audiência das faixas.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox